PUBLICIDADE
Logo do

Flamengo

Favoritar Time

Veja motivos que explicam o interesse do Flamengo na permanência de Andreas Pereira

O rápido encaixe no time, a polivalência do jogador, a qualidade nas cobranças de falta e o desejo de continuar são alguns dos pontos que explicam o desejo do Flamengo

15 jan 2022 07h20
| atualizado às 07h20
ver comentários
Publicidade

A vontade do Flamengo de manter Andreas Pereira em definitivo já saiu do discurso e foi para o papel. Nesta semana, o Rubro-Negro oficializou uma proposta ao Manchester United para comprar o meio-campista, que está emprestado até junho de 2022. Dessa forma, abaixo, veja motivos que explicam o interesse do Fla na permanência do jogador.

Andreas está emprestado ao Flamengo até junho deste ano (Foto: Alexandre Vidal/Flamengo)
Andreas está emprestado ao Flamengo até junho deste ano (Foto: Alexandre Vidal/Flamengo)
Foto: Lance!

Incialmente, vale lembrar que Andreas não teve dificuldades para se firmar no Flamengo. Logo na partida de estreia, contra o Santos, na Vila Belmiro, o meia marcou o primeiro gol com a camisa do Fla e, alguns jogos depois, desbancou Diego e conquistou a posição de segundo.

Além disso, Andreas é um meio-campista polivalente, como o próprio Renato Gaúcho, ex-técnico do Flamengo, destacou em entrevista coletiva realizada em setembro, após uma vitória sobre o Grêmio, pelas quartas de final da Copa do Brasil. Assim, pelo Rubro-Negro em 2021, o camisa 18 atuou tanto como segundo volante quanto como um meia mais avançado.

- Ele é polivalente, é um jogador que conversei antes mesmo de chegar ao Flamengo. É um jogador que foi testado em várias posições lá fora pela qualidade dele. Mas ele me falou que gosta de jogador como segundo volante. Então, é nessa posição que eu tenho colocado ele, nessa posição que ele tem nos ajudado, tem jogado bem.

- Eu não gosto de improvisar o jogador, a não ser que o jogador da posição não esteja dando conta do recado. Ele está jogando na posição dele, na posição que ele gosta. É um jogador que sabe defender, sabe atacar também, tem qualidade para isso.

Outro ponto que vale ser destacado é em relação às bolas paradas. Ter Andreas dentro de campo permite ao Flamengo ter um cobrador de faltas. Na última temporada, contra o Juventude, o meia findou um jejum de 1.221 dias sem um gol de falta do Fla. A cobrança, inclusive, foi muito elogiada por Júnior, um dos maiores ídolos da história do Rubro-Negro, em entrevista concedida ao LANCE! no ano passado ( para ler).

- Realmente, ele fez um golaço. Uma batida seca, forte e precisa. E também tem a batida de mais perto, que acabou acertando a trave. É um grande batedor - disse Júnior, atualmente comentarista da Rede Globo, emendando:

- Acho que tirou um peso, que acaba caindo nas costas do time como um todo, por passar tanto tempo sem um gol de falta. Ainda mais com os antecedentes do Flamengo, com Zico, principalmente, que resolveu muitos jogos nessa situação. Isso incomodava a torcida, e os jogadores de muita qualidade sabiam disso, por isso a comemoração efusiva.

Por fim, a vontade recíproca é um ponto que deve ser levado em consideração. Andreas já declarou publicamente a vontade de ficar no Flamengo, assim como o Flamengo já externou a vontade de garantir a permanência de Andreas. Assim, as negociações foram abertas já em janeiro para garantir o quanto antes que o meio-campista continue no Rio de Janeiro por mais tempo.

Lance!
Publicidade
Publicidade