0

Na Libertadores, Fla busca receita extra de R$ 67 milhões

3 mar 2020
14h28
atualizado às 14h35
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O Flamengo estimou sua receita para 2020 em torno de R$ 726 milhões, boa parte desse valor oriunda de cotas de TV e prêmios por participações e conquistas. Com relação a Libertadores, a meta do clube é chegar pelo menos à semifinal, com um ganho até aí de aproximadamente R$ 33,7 milhões. Isso consta de sua previsão orçamentária.

Jogadores do Flamengo comemoram título da Recopa Sul-Americana após vitória sobre o Independiente Del Valle por 3 a 0 no Maracanã
Jogadores do Flamengo comemoram título da Recopa Sul-Americana após vitória sobre o Independiente Del Valle por 3 a 0 no Maracanã
Foto: DELMIRO JUNIOR/AGÊNCIA O DIA / Estadão

De acordo com a cotação do dólar na manhã desta terça-feira (3), o clube pode receber mais R$ 67 milhões se for bicampeão – totalizando R$ 100 milhões pelo eventual título.

Dessa forma, a receita de 2020 passaria dos R$ 800 milhões. Isso porque na elaboração de sua arrecadação deste ano, o Flamengo projetou receber R$ 80 milhões com a venda de jogadores. Só com a transferência de Reinier para o Real Madrid, o Rubro-Negro terá direito a mais ou menos R$ 110 milhões.

A estreia do Flamengo na competição, nesta quarta-feira (4), contra o Junior Barranquilla, na Colômbia, cresce em importância por causa da necessidade de o time sobressair na fase de grupos para avançar na Libertadores e assim manter seu equilíbrio financeiro. Um tropeço logo de início pode deixar muita gente apreensiva na Gávea. Por outro lado, um bom resultado manteria as coisas em seu devido lugar.

Veja também:

A "classificação do ano" entre clubes da Série A

 

Fonte: Silvio Alves Barsetti
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade