PUBLICIDADE
Logo do

Flamengo

Meu time

Ao L!, Carlos Eduardo relembra título da Copa do Brasil com o Flamengo e gol decisivo nas oitavas de final

Em quase 50 jogos com a camisa do Rubro-Negro, Carlos Eduardo marcou apenas uma vez, mas foi justamente o gol que manteve o time vivo na Copa do Brasil de 2013

27 out 2021 11h04
| atualizado às 11h04
ver comentários
Publicidade
Carlos Eduardo foi titular no jogo da final da Copa do Brasil de 2013 (FOTO: DIVULGAÇÃO)
Carlos Eduardo foi titular no jogo da final da Copa do Brasil de 2013 (FOTO: DIVULGAÇÃO)
Foto: Lance!

Apesar de ter sido visto como uma contratação de peso em 2013, a passagem de Carlos Eduardo pelo Flamengo deixou a desejar. Em 49 partidas com a camisa do Rubro-Negro, o meio-campista marcou um gol e não deu nenhuma assistência. No entanto, apesar disso, ele foi peça importante para o Fla conquistar a Copa do Brasil daquele ano.

Isso porque Carlos Eduardo marcou o gol do Flamengo na derrota para o Cruzeiro por 2 a 1, pelo jogo de ida das oitavas de final, no Mineirão. Assim, o time carioca minimizou o prejuízo e, na volta, venceu por 1 a 0 para garantir a vaga nas quartas de final da Copa do Brasil.

Vale lembrar que, naquela época, ainda havia o critério do gol marcado fora de casa como desempate. Em entrevista exclusiva ao LANCE!, o meia relembrou gol marcado e destacou que foi um dos mais importantes da carreira.

- Naquele momento foi coisa de Deus. Eu entrei no jogo e entrei bem no Mineirão. Tive um presente onde sobrou para mim e com o gol na frente, consegui concluir e, com certeza, esse foi um dos mais importante pra mim. Muitos lembram desse gol e a sensação é de muito orgulho.

Eliminar o Cruzeiro, inclusive, foi um divisor de águas na campanha do Flamengo em 2013. Enquanto o Rubro-Negro passava por uma reestruturação e um momento difícil no Brasileirão (terminou em 16º), a Raposa vivia grande fase e, não por acaso, conquistou o Campeonato Brasileiro. De acordo com Carlos Eduardo, o Fla tinha uma equipe qualificada e vencer o time mineiro fez o grupo acreditar "mais e mais" no título.

- No ano de 2013, o Flamengo passava, sim, por reestruturação, mas sabíamos que tínhamos um grupo muito bom, com jogadores de qualidade e experientes em cada posição. Depois do jogo contra a melhor equipe do Brasil em 2013, que era o Cruzeiro, começamos a acreditar mais e mais - explicou.

DEDO DO PROFESSOR

O técnico campeão com o Flamengo naquele ano foi Jayme de Almeida, auxiliar do clube que foi efetivado no fim de 2013. Antes dele, Dorival Júnior, Jorginho e Mano Menezes já haviam passado pelo time da Gávea, mas não deram continuidade ao trabalho. Carlos Eduardo apontou a importância de Jayme para o título da Copa do Brasil e ressaltou que o então treinador lhe ajudou "em todos os aspectos".

- Tivemos muitas trocas nesse ano. Passaram treinadores muito bons e pude aprender muito. O Jayme era um treinador que passava muita tranquilidade e conhece bem o que é Flamengo. Lembro de muitas conversas particulares onde ele me ajudou muito em todos os aspectos - revelou.

FURACÃO PELA FRENTE

Nesta quarta-feira, às 21h30, Flamengo e Athletico-PR voltam a se encontrar no Maracanã, dessa vez pelo jogo da volta da semifinal da Copa do Brasil. Assim, Carlos Eduardo projetou e confronto e revelou que estará na torcida pelo Fla.

- Em 2013, eles tinham um belo time e um ótimo treinador (Vagner Mancini), que tive a oportunidade de trabalhar depois. O Athletico sempre teve bons times, a principal diferença é que o Athletico vai encarar um time que tem jogadores e um elenco melhor que 2013 - disse Carlos Eduardo, que completou.

- (Flamengo tem que) jogar como sempre joga. Tem jogadores de muita qualidade individual e com a força da torcida e da camiseta que tem. Na torcida sempre pelo Flamengo - concluiu.

A Nação compareceu em peso para o jogo da final (Foto: Divulgação)
A Nação compareceu em peso para o jogo da final (Foto: Divulgação)
Foto: Lance!

REFORÇO DA TORCIDA

Para a partida, o Flamengo contará com um reforço importante - a Nação no estádio. Desde de o retorno dos torcedores ao Maracanã, o Rubro-Negro perdeu apenas um jogo - justamente no último fim de semana, contra o Fluminense. Nesse sentido, Carlos Eduardo exaltou o apoio das arquibancadas e ressaltou que os torcedores foram importantes para o título de 2013.

- Torcida do Flamengo é demais. Com certeza eles ajudaram demais na conquista de 2013. Maracanã lotado só lembranças boas e lindas.

Lance!
Publicidade
Publicidade