PUBLICIDADE
Logo do Flamengo

Flamengo

Favoritar Time

Análise: De La Cruz demonstra polivalência e abre leque de opções para Tite no Flamengo

O Flamengo goleou o Boavista na última terça-feira (20), por 4×0, na melhor atuação do ano com destaque para De La Cruz, que jogou como segundo-volante. A equipe de Tite terminou a partida com 28 finalizações e 61% de posse de bola, tendo como principal alvo de críticas o atacante Pedro, que poderia ter feito […]

21 fev 2024 - 07h06
(atualizado às 07h06)
Compartilhar
Exibir comentários
Análise: De La Cruz demonstra polivalência e abre leque de opções para Tite no Flamengo
Análise: De La Cruz demonstra polivalência e abre leque de opções para Tite no Flamengo
Foto: Reprodução Twitter/Flamengo / Esporte News Mundo

O Flamengo goleou o Boavista na última terça-feira (20), por 4×0, na melhor atuação do ano com destaque para De La Cruz, que jogou como segundo-volante. A equipe de Tite terminou a partida com 28 finalizações e 61% de posse de bola, tendo como principal alvo de críticas o atacante Pedro, que poderia ter feito mais gols.

No jogo de ontem, o Flamengo teve os desfalques de Gerson (infecção renal), Allan (dengue) e Pulgar (febre), com isso, Igor Jesus e De La Cruz formaram a dupla de volantes. Este deslocamento do uruguaio, que vinha atuando pela meia-direita, possibilitou a continuidade de Luiz Araújo pelo lado. O ponta também é um dos destaques do Flamengo em 2024 e vem 'pedindo passagem' no time titular.

Em coletiva de imprensa, Tite confirmou que a experiência de De La Cruz 'mais atrás' foi positiva, mas não descartou utilizar outras formações. "É uma das possibilidade, jogaram muito (De La Cruz e Arrascaeta). Mas é também sobre não ter uma equipe previsível e de ter outras alternativas, como a gente colocou o quarteto de meio-campo. De La Cruz jogou muito, articulou muito".

Uma das marcar de Tite em sua reta final na seleção brasileira, era a utilização de dois pontas de velocidade nos lados do campo. E no Flamengo, apenas Everton Cebolinha havia se firmado nessa posição. Do lado direito, desde a chegada de De La Cruz, o técnico vinha optando por um esquema com quatro meias: Pulgar, Gerson, De La Cruz e Arrascaeta.

Entretando, Luiz Araújo vem sendo um dos melhores jogadores do Flamengo em 2024, com um gol e quatro assistências, em sete jogos pelo Cariocão, sendo titular em apenas quatro destas partidas. Tite também confirmou em coletiva que De La Cruz 'mais centralizado' é onde ele se acostumou a jogar na seleção e no River Plate.

Vindo de uma ótima partida com esse esquema, tudo indica que a formação deve ser a mesma para o duelo contra o Flumunense, no próxmio domingo (25). O Fla-Flu será um teste ainda maior para a comissão técnica entender se este é realmente o melhor Flamengo possível. Vale lembrar que para a a próxima rodada ainda é improvável que Gerson esteja a disposição e Pulgar pode atuar como primeiro volante, no lugar de Igor Jesus.

Outra possibilidade para quando todos estiverem saudáveis é a utilização de Gerson como meia-direita. Seria o mesmo esquema que Tite usou contra Botafogo e Vasco, porém com De La Cruz e Gerson trocando de função. O 'coringa' já atuou mais aberto pelo Flamengo, emulando a posição de Everton Ribeiro, já que ambos são canhotos. Essa pode ser uma solução, caso De La Cruz se adapte melhor jogando centralizado.

Esporte News Mundo
Compartilhar
Publicidade
Publicidade