PUBLICIDADE

Aos 39 anos, Nicholas Santos fatura o bronze nos 50m borboleta

22 jul 2019 10h02
ver comentários
Publicidade

Brasileiro atualizou recorde que já era dele (Foto: Sátiro Sodré/SSPress)

Nesta segunda-feira, o nadador brasileiro Nicholas Santos voltou a fazer história. Isso porque, aos 39 anos, ele conquistou a medalha de bronze na prova dos 50m borboleta do Campeonato Mundial de natação, disputado em Gwangju, na Coreia do Sul

Com isso, Nicholas atualiza um recorde que já pertencia a ele: o de atleta mais velho a subir no pódio em mundiais. Em 2017, em Budapeste, aos 37 anos, o brasileiro já havia estabelecido a marca.

Nicholas garantiu a medalha de bronze com tempo de 23s78. O ouro foi do norte-americano Caeleb Dressel, que bateu o recorde do campeonato com 22s35. Já a prata ficou com o russo Oleg Kostin, que anotou 22s79.

"Foi um pouquinho distante do que eu tinha planejado, com 22s40 . Mais uma vez acho que na saída, o árbitro segurou bastante, isso atrapalha nas provas de velocidade. Mas, estou satisfeito, praticamente não estaria aqui não fosse o convite da Fina. Estou muito feliz, mais uma medalha em Mundial, a primeira do Brasil nesse Mundial. Estou muito satisfeito, com 39 anos, fazendo história na natação", disse.

A disputa dos 50m borboleta não está no programa olímpico. Dessa forma, Nicholas pensa em tentar uma vagas nas Olimpíadas de Tóquio, em 2020, nos 50m livre.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade