PUBLICIDADE
Logo do

Cruzeiro

Meu time

Meia Maurício, revelado na base do Cruzeiro, cobra mais de R$ 1 milhão na Justiça do Trabalho

O jogador, atualmente no Internacional, acionou o judiciário contra a Raposa por valores não recebidos enquanto atuava no clube mineiro

21 set 2021 20h08
| atualizado às 20h08
ver comentários
Publicidade

Notícias de ex-jogadores, funcionários e pessoas que levaram o Cruzeiro à Justiça por cobranças de atrasados, viraram rotina no clube mineiro. E, mais uma ação foi movida contra a Raposa. O meia Maurício acionou, nesta terça-feira, 21 de setembro, o clube azul na Justiça do Trabalho.

Maurício está cobrando o ex-clube na Justiça do Trabalho, mais uma ação contra a Raposa-(Gustavo Aleixo/Cruzeiro)
Maurício está cobrando o ex-clube na Justiça do Trabalho, mais uma ação contra a Raposa-(Gustavo Aleixo/Cruzeiro)
Foto: Lance!

Revelado na base celeste e defendendo o Internacional atualmente, Maurício cobra R$ 1.088.669,98 que alega não ter recebido enquanto jogava em Belo Horizonte.

O processo corre na 28ª Vara do Trabalho de Belo Horizonte e haverá uma primeira audiência entre as partes no dia 19 de outubro. Recentemente,o clube foi acionado na Justiça pela intermediação da renovação do contrato do atleta feita pelo empresário André Cury, que vem sendo investigado pela Polícia Civil pelos negócios que teria feito com a diretoria comandada por Wagner Pires de Sá e a atual, de Sérgio Santos Rodrigues.

A empresa de Cury, a Link Assessoria Esportiva, elencou 13 itens na ação contra o Cruzeiro, além de uma cobrança de 10% em relação aos honorários advocatícios, tendo como base o cálculo das verbas rescisórias de R$ 150 mil, último salário de Maurício no clube.

Lance!
Publicidade
Publicidade