0

Independiente deve pagar R$ 2,7 mi ao Cruzeiro por Farías

16 dez 2015
12h08
atualizado às 15h31
  • separator
  • comentários

O Cruzeiro terá um belo reforço de caixa ao final da temporada. Isto, porque a FIFA deu ganho de causa ao clube celeste na ação movida contra o Independiente, da Argentina, pelo não pagamento de 500 mil dólares, referentes aos salários do atacante Ernesto Farías.

Com isso, o Independiente foi condenado a pagar ao Cruzeiro o valor que, com os juros corrigidos, equivale a aproximadamente 700 mil dólares (cerca de R$ 2,7 milhões). O clube argentino ainda pode recorrer, no entanto, é mais provável que a direção portenha entre em contado com a cúpula cruzeirense para acertar um denominador comum quanto ao pagamento da dívida.

Ernesto Farías pertenceu ao Cruzeiro entre 2010 e 2014
Ernesto Farías pertenceu ao Cruzeiro entre 2010 e 2014
Foto: Washington Alves/Vipcomm / Divulgação

Farías chegou ao Cruzeiro em agosto de 2010, tendo 100% dos direitos econômicos adquirido pelo clube mineiro, mas jamais rendeu o esperado em Minas. Foram apenas oito gols em 35 partidas disputadas, que culminaram no afastamento do centroavante argentino em maio de 2011.

Naquela mesma temporada, o Independiente tentou a contratação de Farías, mas o negócio não evoluiu. No ano seguinte, o Cruzeiro acabou acertando o empréstimo do atacante ao clube argentino, onde permaneceu atuando, sem grande brilho, até 2013.

Logo que retornou à Toca da Raposa, Farías permaneceu afastado do elenco. Apesar de o clube mineiro querer acertar a rescisão contratual do jogador, o atacante argentino preferiu seguir treinando em separado, recebendo seu salário – avaliado em 100 mil dólares mensais, livre de impostos – até o final de seu vínculo com a Raposa, que se encerrou em julho de 2014. Atualmente, “El Tecla”, como é conhecido o centroavante, defende o América de Cali, da Colômbia.

 

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade