PUBLICIDADE
Logo do

Cruzeiro

Meu time

FIFA faz menção ao título histórico da Taça Brasil de 66 do Cruzeiro em cima do Santos de Pelé

A entidade máxima do futebol fez uma postagem nas redes sociais falando do feito celeste sobre um dos maiores times da história

7 dez 2021 18h49
| atualizado às 18h49
ver comentários
Publicidade

Apesar do mau momento, o Cruzeiro ainda tem páginas heróicas imortais, como diz o seu hino. A FIFA fez uma postagem em suas redes sociais celebrando os 55 anos da conquista do título da Taça Brasil diante do Santos de Pelé, no Estádio Pacaembu, em 7 de dezembro de 1966 . A Fifa relembrou e definiu como uma das "surpresas mais impressionantes da história do futebol brasileiro".

Tostão beija Taça Brasil de 1966 , em uma das maiores vitórias celestes em todos os tempos-(Foto: Site oficial / Cruzeiro)
Tostão beija Taça Brasil de 1966 , em uma das maiores vitórias celestes em todos os tempos-(Foto: Site oficial / Cruzeiro)
Foto: Lance!

O Cruzeiro venceu o primeiro jogo com goleada por 6 a 2 sobre o Santos, no Mineirão, diante de um público de 77.325 pessoas. Na volta, o Peixe fez 2 a 0 e se confirmasse o resultado, levaria a decisão para o terceiro jogo. A Raposa virou a partida para 3 a 2.

No segundo tempo do jogo, sob forte chuva em São Paulo, o Cruzeiro virou o jogo com Tostão. Piazza e Natal, que marcou o gol que sacramentou a vitória celeste que ficou marcada na história.

FICHA TÉCNICA

SANTOS 2 x 3 CRUZEIRO

Motivo: jogo de volta da final da Taça Brasil

Data: 7 de dezembro de 1996

Horário: 21h (Brasília)

Local: Estádio Pacaembu, em São Paulo (SP)

Árbitro: Armando Marques

Assistentes: Germinal Alba (SP) e Antônio Medeiros (SP)

Santos: Cláudio; Lima, Haroldo, Oberdan, Zé Carlos, Zito; Megálvio, Amauri (Dorval); Toninho Guerreiro, Pelé e Edu. Técnico: Lula.

Cruzeiro: Raul; Pedro Paulo, William, Procópio, Neco, Piazza; Dirceu Lopes, Natal, Evaldo; Tostão e Hilton Oliveira. Técnico: Airton Moreira.

Lance!
Publicidade
Publicidade