PUBLICIDADE

Bayern de Lewandowski leva a melhor sobre o apagado Neymar

Com 11 vitórias em 11 jogos na Liga dos Campeões, título não poderia estar em melhores mãos

23 ago 2020 19h40
ver comentários
Publicidade

Foi só 1 a 0, mas o gol de Coman, que foi revelado no PSG, fez justiça ao melhor time da competição. O Bayern chegou ao hexa e o brasileiro camisa 10 campeão foi Philippe Coutinho, reserva de luxo do esquadrão alemão.

Neymar na partida do PSG contra o Bayern de Munique pela Liga dos Campeões 2019/20
Neymar na partida do PSG contra o Bayern de Munique pela Liga dos Campeões 2019/20
Foto: Reuters

O primeiro tempo foi equilibrado e teve uma ligeira superioridade do PSG. Neuer evitou um gol de Neymar, mas logo na sequência Lewandowski acertou a trave. Mbappé no finalzinho desperdiçou grande chance ao bater fraco.

No segundo tempo, Neymar se apagou, assim como o PSG. O Bayern marcou com Coman, aos 14, e poderia ter partido até para uma goleada, caso Thiago Silva não tivesse evitado outro gol de Coman três minutos depois.

Na disputa particular com Lewandowski, que valia o título e o prêmio de melhor do mundo, Neymar assumiu a derrota ao fazer uma falta dura no atacante, aos 35 minutos do segundo tempo, que lhe valeu cartão amarelo.

Depois do jogo, Neymar foi consolado por Alaba, do Bayern de Munique. Uma cena bonita e rara nos tempos atuais. 

 

Paradinha Esportiva Paradinha Esportiva
Publicidade
Publicidade