0

Lua de mel de Tiago Nunes com a Fiel está estremecida

Próximos dias podem ser tensos para o Corinthians, que perdeu jogo de ida da 2ª fase da Libertadores para o Guaraní

6 fev 2020
10h03
atualizado às 10h06
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Os próximos dias vão ser tensos no Corinthians. Pelo menos até quarta-feira (12), quando o time tem a obrigação de vencer o Guaraní, do Paraguai, em Itaquera, e assim permanecer na Libertadores. A derrota para o mesmo adversário (1 a 0), nessa quarta (5), fora de casa, não estava nos planos de ninguém no clube paulista. Muito menos do técnico Tiago Nunes.

Tiago Nunes, técnico do Corinthians
Tiago Nunes, técnico do Corinthians
Foto: Jorge Adorno / Reuters

Contratado com status de novo ídolo, Tiago Nunes sabe que o ano do Corinthians depende bastante de uma campanha vitoriosa na Libertadores. Ser eliminado na fase preliminar da competição pode representar o estouro de uma bomba de efeito retardado para o clube. Nada ainda que ameaçasse o emprego de Tiago. Mas interromperia a lua de mel dele com a torcida.

Para reverter a vantagem do Guaraní, o Corinthians vai ter de vencer por pelo menos dois gols de diferença. Antes disso, nesse domingo, pela quinta rodada do Paulista, a equipe, líder do Grupo D, recebe a Inter de Limeira. Tende a ser um jogo difícil, a Inter é a segunda colocada do Grupo C e vem de vitória sobre a Ponte Preta por 2 a 1.

Não se pode prever como vai ser a relação da Fiel com Tiago Nunes e alguns jogadores nessa partida de domingo. Mas, certamente, o carinho e devoção de dias atrás já não serão os mesmos. Para chegar ao confronto decisivo com os paraguaios com confiança, o Corinthians, no mínimo, precisa ter uma atuação convincente contra a Inter de Limeira.

Veja também:

A "seleção da década" de cada um dos grandes do futebol brasileiro

 

Fonte: Silvio Alves Barsetti
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade