PUBLICIDADE
Logo do

Corinthians

Meu time

"Fiel LGBT" repudia Avelar e pede rescisão do jogador

Coletivo ainda ironizou uma postagem do Timão do inicio do mês onde o clube dizia lutar contra o racismo e disse que essa era a hora de colocar o discurso em prática

23 jun 2021 12h56
| atualizado às 13h05
ver comentários
Publicidade

O coletivo 'Fiel LGBT', que luta contra qualquer tipo de preconceito, repudiou a fala racista de Danilo Avelar, e pediu que o Corinthians rescinda com o jogador, mesmo após ele ter admitido que cometeu um erro e pedido desculpas. O caso aconteceu em uma partida de CS:GO e repercutiu negativamente nas redes.

Danilo Avelar admitiu que fez comentário racista (Rodrigo Coca/ Ag. Corinthians)
Danilo Avelar admitiu que fez comentário racista (Rodrigo Coca/ Ag. Corinthians)
Foto: Lance!

"Não existe desculpas, e espero que. Corinthians tome as medidas necessárias, rescisão de contrato. Não adianta fazer post bonitinho e na hora do "vamo vê", não fazer nada", postou o Coletivo, nas redes sociais, copiando o longo pedido de desculpas feito pelo zagueiro.

O 'Fiel LGBT' ainda ironizou uma postagem do Corinthians do inicio do mês onde o clube dizia lutar contra o racismo. O Coletivo afirmou que havia chegado a hora de colocar o discurso em prática e mais uma vez pediu a rescisão do contrato com o jogador.

Entenda o caso:

Em meio a uma partida de Counter-Strike: Global Offensive, o perfil (D.A35), que pertence a Avelar, fez o seguinte comentário: "Fih (filho) de uma rapariga preta", o que automaticamente foi printado e espalhado nas redes sociais.

O Corinthians, diante da repercussão do caso, utilizou seu perfil no Twitter para se manifestar sobre a situação e se comprometeu a apurar o episódio. Em seguida foi a vez de o jogador se posicionar em nota oficial por meio de seu perfil no Twitter. Ele assumiu o erro e admitiu que usou expressão racista para xingar um usuário estrangeiro, mas que isso não condiz com seu caráter.

Lance!
Publicidade
Publicidade