PUBLICIDADE
Logo do

Corinthians

Meu time

Dudu nega preferência entre rivais de SP: "pode ficar chato"

2 jan 2015 20h41
| atualizado em 3/1/2015 às 08h18
ver comentários
Publicidade

Disputado por Corinthians e São Paulo, o atacante Dudu tenta ficar indiferente em relação ao seu futuro profissional. O jogador, que pertence ao Dínamo de Kiev, da Ucrânia, e disputou o último Campeonato Brasileiro pelo Grêmio, não quer aumentar ainda mais a polêmica em torno de sua transferência.

<p>Ap&oacute;s boa temporada no Gr&ecirc;mio, Dudu &eacute; disputado por Corinthians e S&atilde;o Paulo</p>
Após boa temporada no Grêmio, Dudu é disputado por Corinthians e São Paulo
Foto: Vinicius Costa / Getty Images

"Acho melhor não dizer o time que prefiro porque pode ficar chato. De repente, falo que quero jogar no Corinthians e assino com o São Paulo. E vice-versa. Mas vou jogar em um grande clube, seja ele qual for", discursou Dudu, em entrevista à Rádio Globo.

Antes de o São Paulo tentar atravessar o negócio, o jogador já elogiava a torcida do Corinthians e exaltava um possível reencontro com o zagueiro Gil, que foi seu companheiro no Cruzeiro. Ele espera agora poder dar declarações como essas de forma oficial, independentemente do time paulista que o contratar.

"Por mim, já tinha assinado. Sou ansioso e gosto de resolver rapidamente essas coisas. Fico mal com a situação. Quero que tudo se resolva, até porque já me imagino jogando em um desses clubes", afirmou.

Para vencer a concorrência e trazer o atacante avaliado em cerca de 4 milhões de euros (quase R$ 13 milhões), o Corinthians conta com uma proposta maior, mas mais parcelada, em função das dificuldades financeiras que enfrenta. O Dínamo espera receber ao menos o primeiro pagamento no ato, o que o São Paulo está disposto a fazer.

Dudu não considera o negócio caro para Corinthians ou São Paulo. "Acho que valho até mais. Sou otimista e acredito no meu futebol", disse o cobiçado atleta de 22 anos.

Plano B

Em busca de um atacante veloz para satisfazer o técnico Muricy Ramalho, o São Paulo já tem uma opção caso Dudu se transfira para o Corinthians. Wellington Nem, desejado pelo rival em outros tempos, está na pauta.

"É a nossa opção. O Eduardo Uram, empresário dele, é ativo nas negociações com o São Paulo. Só não pudemos adiantar as coisas porque existe uma proposta da China", disse Ataíde Gil Guerreiro, vice-presidente de futebol do clube do Morumbi, à Rádio Transamérica. Revelado pelo Fluminense, Wellington Nem hoje defende o Shakhtar Donetsk, da Ucrânia.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade