PUBLICIDADE
Logo do

Corinthians

Meu time

Danilo Avelar admite autoria de mensagem racista e se desculpa; Corinthians analisa o caso

23 jun 2021 11h50
| atualizado às 11h53
ver comentários
Publicidade

Danilo Avelar, jogador do Corinthians, vem sofrendo acusações de racismo nas redes sociais. No chat do jogo Counter-Strike, o atleta se referiu a outro jogador como "Fih de rapariga preta".

(Foto: Reprodução/twitter)
(Foto: Reprodução/twitter)
Foto: Gazeta Esportiva

Nesta quarta-feira, Avelar admitiu a autoria da mensagem e se desculpou.

"Antes de mais nada, quero admitir o meu erro. O que escrevi durante a partida não condiz com o que penso e o que vou ensinar a meu filho. Todos sabem que eu jogo CS:GO e, em uma das partidas, fui ofendido por um jogador estrangeiro na minha condição de brasileiro. Perdi a cabeça mas, infelizmente, piorei a situação: cometi o grave erro de escrever a um adversário uma frase de conotação racista", escreveu.

"Gostaria de me desculpar com todos, sem exceção, mas sobretudo com a comunidade afrodescendente. De coração aberto, estou disposto a fazer desse erro um aprendizado honesto e integral. Também quero me desculpar com o Corinthians, uma instituição que desde sempre prega e luta pela igualdade, com a Fiel torcida e com meus companheiros de equipe", concluiu.

Ainda nesta quarta, o Timão afirmou que irá analisar o ocorrido.

"O Sport Club Corinthians Paulista informa que tomou conhecimento do incidente que envolveu o nome do atleta Danilo Avelar nas redes sociais e que está apurando os fatos e o contexto. Atualizaremos nossa posição tão logo seja possível", publicou.

O defensor não entra em campo desde outubro de 2020, quando sofreu uma ruptura no ligamento cruzado anterior do joelho direito e teve de passar por cirurgia. O atleta segue em trabalho de recuperação.

Confira a nota na íntegra publicada por Danilo Avelar:

Fala, galera.

Antes de mais nada, quero admitir o meu erro. O que escrevi durante a partida não condiz com o que penso e o que vou ensinar a meu filho.

Todos sabem que eu jogo CS:GO e, em uma das partidas, fui ofendido por um jogador estrangeiro na minha condição de brasileiro. Perdi a cabeça mas, infelizmente, piorei a situação: cometi o grave erro de escrever a um adversário uma frase de conotação racista.

Errei, falhei e me envergonho muito disso. Na nossa sociedade temos que abolir qualquer forma de racismo.

Gostaria de me desculpar com todos, sem exceção, mas sobretudo com a comunidade afrodescendente. De coração aberto, estou disposto a fazer desse erro um aprendizado honesto e integral.

Também quero me desculpar com o Corinthians, uma instituição que desde sempre prega e luta pela igualdade, com a Fiel torcida e com meus companheiros de equipe.

Reitero, uma vez mais, que meu histórico e meu caráter não condizem com o que escrevi e que estou disposto a crescer, melhorar e mudar.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade