PUBLICIDADE
Logo do Corinthians

Corinthians

Favoritar Time

Corinthians reencontra Fortaleza em prévia da Sul-Americana e 4 meses após 1º ponto de Luxemburgo

Em maio, empate afastou 'nuvem pesada' do Parque São Jorge; time alvinegro chegou a ter 11 jogos de invencibilidade desde então

13 set 2023 - 22h40
(atualizado em 14/9/2023 às 12h42)
Compartilhar
Exibir comentários

Em maio, Luxemburgo assumia o Corinthians com a missão de reestruturar e salvar o ano da equipe após as saídas de Fernando Lázaro e Cuca. Em crise, o treinador chegou até a colocar Yuri Alberto no banco de reservas, antes de uma partida contra o Fortaleza, adversário desta quinta-feira pelo Brasileirão. Quatro meses depois do empate por 1 a 1 - o primeiro ponto do treinador em sua terceira passagem -, os times se estudam com foco nas semifinais da Copa Sul-Americana. A partida acontece às 19h (horário de Brasília), na Arena Castelão.

No primeiro turno do Brasileirão, o empate por 1 a 1 foi decisivo para Luxemburgo. O Corinthians vinha de derrota na Libertadores diante do Independiente del Valle, em casa. Contra o rival nordestino, a meta da equipe era conquistar seu primeiro ponto com o treinador e, acima de tudo, não perder. Para isso, optou por lançar jogadores das categorias de base e colocar Yuri Alberto, que não ia às redes desde março, no banco.

Em campo, o treinador tinha o apoio da torcida e o gol de empate veio já no segundo tempo, dos pés de Yuri Alberto. "Temos muita coisa pra melhorar, mas houve um progresso. Não só de jogar futebol. Tem certas coisas invisíveis pra parte externa, mas que para nós são importantes. Tinha uma nuvem pesada. Conseguimos tirar essa nuvem", afirmou, em entrevista coletiva.

Desde então, tudo mudou no Corinthians. O time, em 13º lugar no Brasileirão, ainda tenta se afastar do risco de rebaixamento; nas demais competições, chegou a 11 jogos de invencibilidade, mas Luxemburgo teve risco de ser demitido em algumas oportunidades, principalmente após a eliminação na Copa do Brasil para o rival São Paulo.

Nas semifinais da Sul-Americana, o rival volta a ser o Fortaleza, time que ajudou a afastar a "nuvem pesada" do ambiente da equipe. Antes da primeira decisão, no próximo dia 26, o encontro pelo Brasileirão pode ajudar Luxemburgo a traçar o plano para combater a equipe de Juan Pablo Vojvoda na capital cearense.

Para os dois times, a meta da temporada é a Copa Sul-Americana. Um título garante vaga diretamente à fase de grupos da próxima edição da Libertadores. Em 2023, tanto Corinthians quanto Fortaleza foram eliminados antes do mata-mata - os comandados de Vojvoda caíram ainda na pré-Libertadores. O Fortaleza está na oitava colocação do Brasileirão.

Sequência decisiva

O Corinthians inicia nesta quinta-feira sequência decisiva na reta final da temporada. Desde que chegou ao time, Luxemburgo soma 13 vitórias, dez empates e 11 derrotas. A melhora no desempenho veio após a última data Fifa, em junho; após a parada, o time teve 57% de aproveitamento. Nos próximos 30 dias, além das semifinais da Sul-Americana, jogará contra três dos quatro times no G-4 do Brasileirão - Botafogo, Grêmio e Flamengo, com todos os confrontos na Neo Química Arena -, além de clássico com o São Paulo.

Começando pelo Fortaleza nesta quinta-feira, o plano de Luxemburgo é manter a base do elenco disponível neste mês. O treinador contará com o retorno de Gabriel Moscardo, que estava com a seleção olímpica no Marrocos.

Luxemburgo optou por não divulgar a lista de relacionados. Bruno Méndez, que estava com a seleção uruguaia nas Eliminatórias, viajou para Fortaleza. Ele pode estar disponível, após não entrar em campo na derrota para o Equador, em Quito. Já Matías Rojas, que serviu a seleção paraguaia, só retorna ao time na próxima semana, contra o Grêmio. O clube ainda prega cautela após lesão no tornozelo.

Maycon é outro desfalque para a partida, após expulsão contra o Palmeiras. Yuri Alberto, Lucas Veríssimo, Bruno Méndez, Gil, Cássio, Moscardo, Fagner e Ruan Oliveira estão pendurados com dois cartões amarelos e podem virar desfalque contra o Grêmio caso sejam advertidos.

FORTALEZA X CORINTHIANS

  • FORTALEZA: João Ricardo; Tinga, Brítez, Titi e Bruno Pacheco; Caio Alexandre, Zé Welison e Pochettino; Marinho, Guilherme e Lucero. Técnico: Juan Pablo Vojvoda.
  • CORINTHIANS: Cássio; Bruno Méndez, Gil, Lucas Veríssimo e Matheus Bidu; Gabriel Moscardo, Ruan Oliveira e Giuliano; Gustavo Mosquito, Wesley e Yuri Alberto. Técnico: Vanderlei Luxemburgo.
  • ÁRBITRO: Rodrigo José Pereira de Lima (PE).
  • HORÁRIO: 19h (horário de Brasília).
  • LOCAL: Arena Castelão, em Fortaleza.
  • TV: Premiere.
Estadão
Compartilhar
Publicidade
Publicidade