0

Clayson diz que poderia estar na seleção do Paulista e comenta polêmica com Claus

22 abr 2019
17h02
  • separator
  • 0
  • comentários

Depois de terminar 2018 em baixa, Clayson ganhou o voto de confiança de Fábio Carille, com que havia trabalhado em 2017 e em parte do primeiro semestre do último ano, e voltou a ter uma sequência de jogos na equipe titular do Corinthians. O atacante, inclusive, foi decisivo nas fases eliminatórias do Campeonato Paulista ao ser a válvula de escape do time, contribuindo com duas assistências nas quartas de final e um gol na primeira partida da semi contra o Santos.

Em conversa com a imprensa na tarde desta segunda-feira no CT Joaquim Grava, um dia após comemorar o título estadual, o jogador analisou que poderia estar na seleção do Paulista, que é escolhida por voto dos capitães e técnicos de cada time, mas elucidou que a ausência não o abala para restante da temporada.

"Creio que poderia estar na seleção. Fiz um bom campeonato, fui muito regular, mas isso também não me influencia e não vai me abalar em nada. O mais importante foi meu trabalho bem feito no Corinthians, o título, que era o almejado, a gente conquistou, então, isso não vai influenciar em nada no meu trabalho e faz parte. O importante é estar focado no Corinthians e fazer as coisas bem aqui, porque é daqui que eu dependo", analisou Clayson, que é dono de três títulos paulistas, uma vez que estava elenco do Ituano campeão de 2014, além do bi pelo Timão.

A trajetória do atacante nesse Paulista, entretanto, não foi só alegria. Após a classificação diante do Santos na semifinal, Clayson comemorou entoando um "chupa" ao árbitro da partida, Rapahel Claus, em vídeo de bastidores divulgado pela própria TV Corinthians. Apenas advertido pelo TJD, o jogador só não esperava que o juiz fosse o sorteado para apitar a grande decisão da competição.

"Fiquei na minha, procurei jogar futebol, ele também apitou como achava que tinha que apitar. Da minha parte, foi tranquilo. O jogo foi de boa e conquistamos nosso objetivo", revelou o corintiano, que chegou a dizer tudo durante a semana que tudo foi um mal-entendido.

*Especial para a Gazeta Esportiva

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade