PUBLICIDADE
Logo do Corinthians

Corinthians

Favoritar Time

Auxiliar lamenta gol no início e admite momento ruim do Corinthians

Bruno Lazaroni analisou o resultado negativo diante do Argentinos Juniors e falou sobre o momento complicado do sistema ofensivo do Timão

24 abr 2024 - 09h58
(atualizado às 17h06)
Compartilhar
Exibir comentários
Foto: Rodrigo Coca/Agência Corinthians - Legenda: Corinthians perdeu para o Argentinos Juniors, fora de casa / Jogada10

O Corinthians perdeu para o Argentinos Juniors por 1 a 0, nesta terça-feira (23), em Buenos Aires, pela terceira rodada do Grupo F, da Copa Sul-Americana. A derrota aumentou ainda mais a crise no clube, que chegou no seu terceiro revés seguido e o quarto sem marcar gols. Após a partida, o auxiliar Bruno Lazaroni, que precisou assinar a súmula mais uma vez no lugar de António Oliveira, analisou a partida e admitiu que o momento está ruim.

"Desde criança, tenho um pai que está há muito tempo no futebol e lido com isso desde os seis, sete anos de idade, isso é normal (pressão por resultados). Temos que assumir nossas responsabilidades, falar menos e agir mais. Acabamos sofrendo gol com um minuto e tudo cai por terra. Temos que nos unir para sair dessa situação", disse Lazaroni.

Assim, com a derrota, o Corinthians perdeu a liderança do Grupo F, da Copa Sul-Americana justamente para o Argentinos Juniors. Aliás, o Timão ainda pode sair da zona de classificação se o Racing-URU vencer ou empatar com o Nacional-PAR na quinta-feira (25).

Falta de gols preocupa o Corinthians

A falta de gols foi diagnosticada pelo auxiliar como causa da falta de sucesso nos embates ofensivos do ataque. Além disso, a grande surpresa no time do Corinthians foi a entrada de Pedro Henrique no lugar de Wesley. Lazaroni também precisou explicar a mudança.

"Duas situações que precisamos evoluir. A taxa de duelos precisamos aumentar e ganhar para conseguirmos progredir mais no campo. Muito jogador vem atrás da linha da bola, acabamos não conseguindo vencer para progredir no campo, para termos mais cruzamentos e situações de gol. O nosso momento é tão ruim que na primeira bola acabamos tomando gol, tivemos uma chance na sequência e não conseguimos marcar.  A saída do Wesley era para colocar dois jogadores com mais poder de finalização, e o Pedro por ter ido bem no último jogo. Mas nada que não possa voltar, estamos tentando buscar novas opções", finalizou.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Jogada10
Compartilhar
Publicidade
Publicidade