PUBLICIDADE
Logo do

Chapecoense

Meu time

Provocação de Pikachu ao torcedor da Chape foi repreendida por Pintado

'Aqui ninguém tem sangue de barata', falou o técnico da equipe após a derrota para o Fortaleza

17 out 2021 12h56
| atualizado às 12h56
ver comentários
Publicidade

Durante a derrota da Chapecoense contra o Fortaleza no último sábado (16), o fato onde Yago Pikachu fez gestos para o torcedor catarinense ao comemorar seu gol na Arena Condá desagradou bastante o técnico Pintado.

Yago Pikachu fez o gol da vitória do time cearense (Leonardo Moreira/Fortaleza EC)
Yago Pikachu fez o gol da vitória do time cearense (Leonardo Moreira/Fortaleza EC)
Foto: Lance!

Na entrevista coletiva após o confronto, o treinador do time de Chapecó fez uma clara reclamação sobre a forma como o adversário se comportou apesar de, posteriormente, afirmar que preferia não dar um enfoque maior do que o fato merecia:

- Quanto a confusão, o que a gente pede é respeito. O jogador de qualquer time não pode vir aqui e fazer qualquer sinal para nosso torcedor, fazer graça, principalmente na nossa casa. Exigimos respeito. Aqui ninguém tem sangue de barata. A gente sonha e trabalha para conquistar essa vitória. Às vezes a gente perde o equilíbrio. Mas prefiro falar do segundo tempo, que mostra nossa evolução.

- Não acredito em sorte ou azar, acredito no trabalho. Acho que a equipe mostra isso, principalmente pela reação no segundo tempo. Enfrentamos uma semifinalista da Copa do Brasil e terceira do Brasileiro, mostra que tem coisa boa aqui na Chapecoense, que com trabalho teremos evolução. Sinto muito por não ter conquistado a vitória que estava na nossa mão. Não tem que lamentar e nem baixar a cabeça. Vamos continuar assim até o final do campeonato - agregou Pintado.

Em situação cada vez mais difícil de superar o risco de rebaixamento, a Chapecoense voltará a campo pelo Campeonato Brasileiro somente no próximo domingo (24) quando visitará o Bahia às 20h30 (de Brasília).

Lance!
Publicidade
Publicidade