PUBLICIDADE
Logo do

Seleção Brasileira

Meu time

Tite confirma Seleção e vê "decisão justa" em jogo suspenso

Treinador adiantou time titular que enfrentará o Peru, na Arena Pernambuco, e comentou episódio polêmico ocorrido em duelo contra Argentina

8 set 2021 20h07
| atualizado às 20h33
ver comentários
Publicidade

O técnico Tite não mediu palavras ao falar sobre os episódios em torno de Brasil x Argentina, partida que foi suspensa pela Conmebol após a entrada de um agente da Anvisa em campo para retirar quatro atletas argentinos que violaram regras brasileiras de prevenção à covid-19. Em entrevista coletiva na noite desta quarta-feira, na véspera do duelo da Seleção Brasileira com o Peru, pela décima rodada das Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022, o comandante foi enfático ao comentar o imbróglio em torno do confronto com os argentinos.

'emos de olhar para aspectos positivos e não ficar chorando ou se lastimando diante das adversidades', afirmou comandante (Reprodução / CBF TV)
'emos de olhar para aspectos positivos e não ficar chorando ou se lastimando diante das adversidades', afirmou comandante (Reprodução / CBF TV)
Foto: Lance!

"A decisão justa é respeitar leis. A decisão justa é antes, a saúde das pessoas. A decisão justa é que o esporte é importante, mas tem uma escala de importância em que a saúde está acima, as leis estão acima", afirmou Tite.

E o treinador também não pestanejou ao ser questionado sobre qual equipe será escalada para o confronto com os peruanos, marcado para começar às 21h30 (de Brasília) desta quinta-feira, na Arena Pernambuco. "A mesma equipe que começou contra a Argentina será titular contra o Peru", garantiu.

Com isso, o Brasil vai a campo com a seguinte formação: Weverton; Danilo, Lucas Veríssimo, Éder Militão e Alex Sandro; Casemiro, Gerson, Everton Ribeiro e Lucas Paquetá; Neymar e Gabigol.

Tite minimizou os percalços que vêm ocorrendo neste período das Eliminatórias, como o veto de jogadores que atuam na Inglaterra e a solicitação do Zenit para os retornos de Malcom e Claudinho à Rússia, além dos problemas no duelo com a Argentina.

"Nosso enfoque é ter e dar aos atletas treinamentos e funções parecidas e que possam exercer bem seu papel na Seleção. Melhorar capacidade criativa e ofensiva. Melhorar solidez defensiva, manter as vitórias e bom desempenho, o que tem levado inclusive a gente a uma boa pontuação, para dar tranquilidade para jovens como Bruno Guimarães e Vinicius Junior serem lançados. Temos de olhar para aspectos positivos e não ficar chorando ou se lastimando diante das adversidades", declarou.

Lance!
Publicidade
Publicidade