PUBLICIDADE
Logo do Seleção Brasileira

Seleção Brasileira

Favoritar Time

Raphinha analisa Endrick, com quem briga por vaga de titular no Brasil

Atacante diz que procura ajudar a sensação palmeirense e também fala de Yamal, de 16 anos e seu concorrente no Barcelona

15 jun 2024 - 18h42
Compartilhar
Exibir comentários
Fotos: Rafael Ribeiro/CBF - Legenda: Raphinha e Endrick em ação pelo Brasil no amistoso diante dos Estados Unidos
Fotos: Rafael Ribeiro/CBF - Legenda: Raphinha e Endrick em ação pelo Brasil no amistoso diante dos Estados Unidos
Foto: Jogada10

Raphinha trava disputa direta pela titularidade do ataque da Seleção do Brasil com Endrick. Na coletiva deste sábado (15/6) em Orlando, o atacante do Barcelona comentou sobre a joia brasileira e afirmou que, sempre que possível, procura ajudá-lo na evolução.

"A gente tenta sempre ajudar da melhor maneira possível. Ele é talentoso, procura aprender, escuta conselhos", disse.

O camisa 11 da Canarinho defende o Barcelona e lá joga ao lado de Lamine Yamal. Muitas vezes disputando posição com o garoto de apenas 16 anos que  já é titular da seleção da Espanha (e foi bem na estreia da Euro, no 3 a 0 sobre a Croácia). Assim, ele briga contra dois meninos (Endrick tem 17 anos). E, na sua opinião, ser muito jovem não pode servir como empecilho para defender a Seleção.

"Independentemente da idade, chega um momento ou outro que os grandes jogadores vão fazer suas estreias na Seleção. Uns mais jovens, outros com mais idade. Mas se alguém é novo e tem qualidade e potencial. Não tem de adiar estreia na Seleção. O que temos de fazer e eu faço isso também na Espanha com o Yamal, pé que o jovem se sinta com maior tranquilidade e sem pressão de  levar um time nas costas ", continuou.

Raphinha e suas funções na Seleção

Ao ser perguntado sobre as funções que exerce na Seleção, Raphinha disse que procura jogar conforme Dorival Jr imagina. Mas, que no Barcelona, é utilizado em vários setores e que se o treinador quiser, pode trabalhar em outros setores.

"Na Seleção não troco muito, jogo pelo lado direito. No clube tenho mais outras funções, às vezes pelo lado esquerdo. Conversei na Seleção sobre essas funções, como me adaptei. Mas busco sempre essa adaptação, pois me favorece e ajuda o clube", encerrou.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Jogada10
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade