PUBLICIDADE
Logo do

Seleção Brasileira

Meu time

Neymar volta a criticar gramados da Copa América

Camisa 10 da Seleção Brasileira já havia criticado estado do gramado do Nilton Santos. Próximo jogo será novamente na casa do Botafogo

28 jun 2021 13h18
| atualizado às 13h49
ver comentários
Publicidade

As condições dos gramados da Copa América voltaram a ser pauta nesta segunda-feira. Após as reclamações de Lionel Messi e Neymar acerca do Nilton Santos, o camisa 10 da Seleção Brasileira usou suas redes sociais para brincar a respeito do próximo jogo do time de Tite.

Neymar contra o Peru pela segunda rodada da Copa América Lucas Figueiredo/CBF
Neymar contra o Peru pela segunda rodada da Copa América Lucas Figueiredo/CBF
Foto: Lucas Figueiredo / CBF

Nesta segunda-feira, em seu Instagram, Neymar colocou a foto de um campo de terra e a foto do Estádio de Wembley, em Londres, com o gramado em perfeitas condições. Na imagem, o atleta do PSG ainda perguntou "onde será o próximo jogo da Seleção?"

Jogadores têm reclamado bastante dos gramados brasileiros (Foto: Reprodução / Instagram)
Jogadores têm reclamado bastante dos gramados brasileiros (Foto: Reprodução / Instagram)
Foto: Lance!

Apesar de ainda não saber quem enfrentará nas quartas de final, o Brasil já sabe onde será o confronto com Uruguai ou Chile. No domingo, a Conmebol confirmou que o duelo, marcado para a próxima sexta-feira, será mais uma vez disputado no Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro.

Além das críticas de jogadores, o técnico Tite também detonou as condições do estádio do Botafogo. Após a vitória sobre a Colômbia, o comandante da Seleção Brasileira disse que a "bola ficava picotada".

"Temos que entender o jogo dentro de um contexto. Um campo que não vou chamar de horrível, mas muito ruim pra se jogar futebol, prejudica todo o espetáculo. Quem quer criar não consegue. Foi muito rápido o tempo de fazer isso e não dá. É inadmissível de duas equipes de alto nível, que jogam na Europa com tamanha qualidade de gramado e espetáculo maior, virem jogar num campo nessas condições", falou.

"A bola fica picotada, nervosa. A fluência das jogadas fica toda prejudicada. Em vez de dar um tempo, dá dois, três. Se pegar todo os atletas do Brasil, vão falar quase que a mesma coisa. Se a gente quer um grande espetáculo, temos que dar as condições. Ficou muito prejudicado. É um dos aspectos que quero deixar bem marcados", disse Tite.

Outro estádio que vem sendo criticado há algum tempo pelas condições do gramado é o Maracanã, que receberá a decisão da Copa América. Administrado por Flamengo e Fluminense, o estádio está fechado para a troca da grama visando a final, que será disputada no dia 10 de julho.

Lance!
Publicidade
Publicidade