PUBLICIDADE
Logo do

Seleção Brasileira

Meu time

Fifa e CBF assinam acordo sobre legado da Copa do Mundo

10 nov 2014 13h31
| atualizado às 13h36
ver comentários
Publicidade

Em reunião do Comitê Organizador da Copa do Mundo realizado nessa segunda, Jérôme Valcke, secretário-geral da Fifa, juntamente com o atual presidente da CBF, José Maria Marin e do presidente eleito da federação, Marco Polo Del Nero, assinaram memorando que oficializa a implementação do Fundo Legado da Copa do Mundo de 2014. O evento contou com a presença do Ministro dos Esportes, Aldo Rebelo.

Valcker, Marin e Del Nero assinam acordo que trará investimentos ao futebol de base no Brasil
Valcker, Marin e Del Nero assinam acordo que trará investimentos ao futebol de base no Brasil
Foto: Divulgação

O Fundo Legado é um valor de US$ 100 milhões que será investido pela Fifa em projetos sociais e estruturação de CTs para o futebol de base e feminino. O foco do projeto são os 15 estados que não receberam jogos no mundial.

Segundo Valcke, "a assinatura deste MoU (Memorando de Entendimento) confirma o comprometimento da FIFA com o desenvolvimento sustentável do futebol no Brasil". O representante da Fifa acredita nas vantagens que o Fundo dará ao futebol do país: "Estamos certos de que o Fundo Legado será uma excelente plataforma para distribuir os benefícios da inesquecível Copa do Mundo"

José Maria Marin ainda enaltece o valor social que a Copa irá desenvolver no futebol brasileiro: "Temos certeza de que os brasileiros se lembrarão por várias gerações da Copa do Mundo como um torneio que contribuiu fundamentalmente para o nosso futebol”.

Pelo acordo, o financiamento e controle das obras serão de responsabilidade da Fifa, quanto as propostas e implementação dos projetos estarão a cargo da CBF. 

O coordenador das categoria de base, Alexandre Gallo, já havia anunciado a construção dos CTs para o futebol de base nos estados que não receberam jogos da Copa. O primeiro projeto do Fundo Legado é a construção de quatro campos em Belém, no Pará, voltado para o treinamento de jovens e no futebol feminino, que já está em fase de conclusão.

Fonte: Terra
Publicidade
Publicidade