PUBLICIDADE

Felipão "bufa" e questiona imprensa: não tem mais pênalti?

17 jun 2014
19h25 atualizado às 19h49
0comentários
19h25 atualizado às 19h49
Publicidade
<p>Felipão se irritou em coletiva do Brasil</p>
Felipão se irritou em coletiva do Brasil
Foto: Ricardo Matsukawa / Terra

O treinador Luiz Felipe Scolari saiu em defesa do grupo e disparou algumas respostas monossilábicas com direito a uma ironia ao final da entrevista que sucedeu o empate por 0 a 0 da Seleção Brasileira contra os mexicanos pela segunda rodada do Grupo A da Copa do Mundo, realizado nesta terça-feira, na Arena Castelão.

Quer acompanhar as notícias e jogos da sua seleção? Baixe nosso app. #TerraFutebol

Questionado sobre o fato de o time não ter repetido a marcação de saída de bola realizada no início dos jogos da Copa das Confederações, o pentacampeão foi curto: “é que o outro time é bom”.

O treinador foi também enfático ao responder que “não caiu, não concordo” sobre a queda de rendimento de alguns atletas desde a conquista do ano passado. Um dos criticados pela mídia é o volante Paulinho.

Com cara de poucos amigos, ele se irritou ao responder “se ainda confia” na equipe. Em vários momentos, o comandante citou que a Seleção jogou melhor do que contra a Croácia e que apenas faltou a bola entrar.

“Vocês que fazem as ilações e que A, B ou C podem jogar. Eu penso e ponho o time que acho que tem de entrar. Se a Seleção se classificar ou não, é assunto meu. Mudanças podem ocorrer (para o próximo jogo), mas a única coisa que não pode mudar é o meu pensamento. Hoje entrou o Ramires. Para o jogo contra Camarões, pode ser outra substituição. Não é por isso que vou confiar ou não no time”, completou.

Felipão pediu a Fifa para fazer um questionamento à imprensa após o fim das perguntas. “Não tem mais pênalti a favor do Brasil?", referindo-se a um lance do lateral esquerdo Marcelo no fim do jogo. Saiu “bufando” da coletiva.

Na estreia contra a Croácia, o Brasil superou a Croácia por 3 a 1, na Arena Corinthians, mas um dos lances polêmicos foi o pênalti inexistente em Fred que culminou no segundo gol verde-amarelo.

Fonte: Terra
Publicidade
Publicidade