PUBLICIDADE
Logo do Seleção Brasileira

Seleção Brasileira

Favoritar Time

Endrick reconhece que críticas o abalaram: 'Jogava com ódio no coração'

19 nov 2023 - 16h43
Compartilhar
Exibir comentários

Uma das grandes promessas do futebol brasileiro na atualidade. o atacante Endrick abriu o seu coração sobre o início deste ano no Palmeiras, duante a coletiva da Seleção Brasileira. O jogador, atualmente com 17 anos, admitiu que precisou mudar a sua mentalidade para recuperar a sua boa fase, fato que o levou a ser convocado pelo técnico Fernando Diniz pela primeira vez para a Seleção principal.

"Foi um começo de ano muito difícil. Tinha 16 anos e uma expectativa muito alta em cima de mim, por causa da venda para o Real Madrid. Só via as pessoas me criticando e falando mal de mim, eu queria rebater e fazer um bom jogo para provar que eu não era aquilo. Depois que fiz 17 anos, mudei a minha cabeça e passei a jogar para estar bem dentro de campo, e não jogar com ódio no coração, querendo mostrar o contrário. Se me criticarem hoje, vou continuar bem tranquilo. Sei quem são as pessoas que realmente estão torcendo por mim", revelou o atacante.

Endrick abriu o jogo e falou sobre problemas e expectativas pela Selção Brasileira –
Endrick abriu o jogo e falou sobre problemas e expectativas pela Selção Brasileira –
Foto: Joilson Marconne / CBF / Jogada10

Foco no bem do grupo

Uma das apostas do técnico Fernando Diniz na atual convocação para as Eliminatórias da Copa, Endrick fez a sua estreia na derrota do Brasil para a Colômbia e se tornou um dos atletas mais jovens a vestir a Amarelinha. Mas, pelo menos por enquanto, Endrick vê com tranquilidade a condição de ficar no banco de reservas.

"Para mim, não importa começar jogando ou o número da camisa. Para mim, o que importa é se meu time está bem, se está ganhando. Vou fazer o que o meu time precisa. Se for preciso eu ficar no banco para o meu time vencer, vou fazer isso. Não é o que eu quero, mas sim o que o time precisa", afirmou o jovem.

Ansioso pelo Superclássico, Endrick?

Na próxima rodada das Eliminatórias, Endrick poderá vestir pela primeira vez a camisa do Brasil no Maracanã, diante da torcida canarinho. E as expectativas são as melhores.

"Estou muito feliz, é desfrutar o momento. Um sonho que tenho desde criança, ainda mais contra a Argentina. Espero poder contribuir e ajudar a nossa Seleção, ainda mais diante da nossa torcida. O apoio dela vai ser muito importante para a busca da nossa vitória", disse Endrick.

Em busca da recuperação na tabela, a Seleção Brasileira recebe a Argentina na terça-feira (21), às 21h30 (hora de Brasília), no Maracanã.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: Twitter, Instagram e Facebook.

Jogada10
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade