PUBLICIDADE
Logo do

Seleção Brasileira

Meu time

'Chora mesmo': Thiago Silva revela dica para Neymar

Zagueiro comenta choro de Neymar após a partida: 'Acho que tem que desabafar, tirou um grande peso das costas'

22 jun 2018 12h26
| atualizado às 13h12
ver comentários
Publicidade

Após o apito final da vitória por 2 a 0 da Seleção Brasileira sobre a Costa Rica, a cena que mais chamou atenção foi o choro de Neymar. Sozinho, o atacante ficou ajoelhado com as mãos no rosto antes de receber o apoio dos companheiros. O atacante desabafou após novamente não ter tido boa atuação, um pênalti anulado pelo VAR, mas um gol marcado já nos acréscimos.

Neymar chorou após a vitória por 2 a 0 sobre a Costa Rica (Foto: AFP/CHRISTOPHE SIMON)
Neymar chorou após a vitória por 2 a 0 sobre a Costa Rica (Foto: AFP/CHRISTOPHE SIMON)
Foto: Lance!

Capitão da Seleção nesta sexta-feira, Thiago Silva revelou ter aconselhado Neymar a "chorar mesmo". O zagueiro confia que o atacante estará mais tranquilo para o próximo jogo, contra a Sérvia, na quarta.

"Acho que tem que desabafar, tirou um grande peso das costas. Para o terceiro jogo vai estar mais tranquilo. (Chorar) faz bem, falei para ele: 'Chora mesmo, só você sabe o que passou para estar aqui nesta Copa'", afirmou Thiago Silva.

O zagueiro ainda destacou a persistência da Seleção Brasileira, que foi abrir o placar apenas aos 45 minutos do segundo tempo.

"Quando você ganha um jogo assim, no apagar das luzes, isso automaticamente te dá tranquilidade para o jogo seguinte, até porque estávamos fazendo uma excelente partida hoje. O gol insistia em não sair, bola passando raspando. Mas é o que o Tite fala, passar a responsabilidade para o goleiro adversário. O grande mérito dessa equipe foi não ter desistido em momento algum. Falamos: 'Vamos até o final'", disse Thiago Silva.

"Não é fácil. Depois de uma situação assim, você já comemorando pênalti, podia ser gol, acaba anulado pelo árbitro de vídeo. Eu, Miranda e Marcelo falamos: 'Vamos ligar, faltam cinco ou seis minutos mais os acréscimos para tentar a vitória'. O mérito foi não desistir", acrescentou o zagueiro.

Com a vitória sobre a Costa Rica, a Seleção Brasileira chegou a quatro pontos. Na terceira e última rodada da fase de grupos da Copa do Mundo, o Brasil encara a Sérvia na quarta-feira, às 15h (de Brasília).

Veja também:

Expectativa do torcedor é de 2 a 0 para o Brasil contra a Costa Rica:
Lance!
Publicidade
Publicidade