PUBLICIDADE
Logo do

Seleção Brasileira

Favoritar Time

20 anos do Penta: A Copa de um verdadeiro Fenômeno

Depois de chegar ao Mundial sob grande desconfiança por conta das lesões no joelho direito, Ronaldo foi o grande destaque do Brasil no torneio com oito gols em sete jogos

30 jun 2022 - 10h12
Ver comentários
Publicidade
Ronaldo marcou os dois gols da Seleção Brasileira na final contra a Alemanha em 2002 (Foto: PEDRO UGARTE / AFP)
Ronaldo marcou os dois gols da Seleção Brasileira na final contra a Alemanha em 2002 (Foto: PEDRO UGARTE / AFP)
Foto: Lance!

O que você estava fazendo neste mesmo dia há 20 anos? Um homem chamado Ronaldo Luís Nazário de Lima estava marcando dois gols e entrando para sempre na história do futebol. Há exatamente duas décadas, a Seleção Brasileira vencia a Alemanha por 2 a 0, em Yokohama, no Japão, e conquistava o quinto título da Copa do Mundo.

A história de Ronaldo, entretanto, por pouco não pôde ser contada. Em novembro de 1999, mais de dois anos antes do Mundial de 2002, quando jogava na Inter de Milão, o atacante sofreu uma grave lesão no joelho direito que o tirou dos gramados por cerca de cinco meses. Em seu retorno, porém, em abril de 2000, uma lesão idêntica à anterior, no mesmo local, fez com que o atleta ficasse parado por incríveis 15 meses.

O camisa 9 chegou à Copa do Mundo, disputada na Coreia do Sul e Japão, tendo feito apenas 19 partidas no intervalo entre abril de 2000 e junho de 2002. A convocação de Ronaldo à época chegou a ser contestada, mas o técnico Luiz Felipe Scolari o bancou e deu um voto de confiança ao jogador.

Ronaldo venceu duas Copas do Mundo (Foto: ODD ANDERSEN / AFP)
Ronaldo venceu duas Copas do Mundo (Foto: ODD ANDERSEN / AFP)
Foto: Lance!

A convicção de Felipão foi justificada. Ronaldo jogou todos os sete jogos da Seleção Brasileira na Ásia, sendo todos como titular, e foi o artilheiro da competição com oito gols marcados. O camisa 9 ainda deu uma assistência na campanha que terminou com 100% de aproveitamento da equipe canarinho.

- Agradecer ao meu fisioterapeuta, que me recuperou e lutou comigo nesses dois anos e meio de recuperação, sem saber que dois anos depois estaríamos aqui. Eu agradeço à minha família e a ele - disse Ronaldo à "TV Globo" logo após à partida, referindo-se a Nilton Petrone, o Filé.

O CORTE 'CASCÃO'

Ronaldo fez história na final contra a Alemanha com um corte de cabelo inusitado, mas que já estava na cabeça do atacante na semifinal, contra a Turquia. Com um topete parecido com o do personagem Cascão, da "Turma da Mônica", o camisa 9 fez o gol que garantiu a Seleção Brasileira na decisão.

Ronaldo chamou atenção com o corte Cascão (Foto: ANTONIO SCORZA / AFP)
Ronaldo chamou atenção com o corte Cascão (Foto: ANTONIO SCORZA / AFP)
Foto: Lance!

Há quem diga que Ronaldo apostou no estilo como uma maneira de desviar a atenção. Com dores na coxa após o duelo contra a Inglaterra, o centroavante passou a ser dúvida para a semifinal. Antes de um treino na antevéspera da partida, ele apresentou seu novo corte, que ficou eternizado.

NÚMEROS DE RONALDO NA COPA DE 2002

Brasil 2 x 1 Turquia - Fase de grupos - Um gol

Brasil 4 x 0 China - Fase de grupos - Um gol e uma assistência

Costa Rica 2 x 5 Brasil - Fase de grupos - Dois gols

Brasil 2 x 0 Bélgica - Oitavas de final - Um gol

Inglaterra 1 x 2 Brasil - Quartas de final - Único jogo sem marcar

Brasil 1 x 0 Turquia - Semifinal - Um gol

Alemanha 0 x 2 Brasil - Final - Dois gols

Lance!
Publicidade
Publicidade