PUBLICIDADE
Logo do

Botafogo

Meu time

Na emoção! Com um a menos, Botafogo vence Confiança e dá fim a jejum na Série B do Brasileirão

Com um jogador a menos durante os últimos minutos da partida, Alvinegro tem destaque para o goleiro Diego Loureiro e rasga sequência de cinco partidas sem vencer no torneio

24 jul 2021 18h32
ver comentários
Publicidade

Foi sofrido e com doses extras de emoção, mas o Botafogo conquistou a primeira vitória fora de casa na Série B do Brasileirão. Neste sábado, o Alvinegro superou o Confiança por 1 a 0 no Batistão, em duelo válido pela 14º rodada da competição. Romildo marcou o gol do duelo.

Romildo marcou o gol do Botafogo (Foto: Reprodução/Premiere)
Romildo marcou o gol do Botafogo (Foto: Reprodução/Premiere)
Foto: Lance!

Na estreia de Enderson Moreira, o Botafogo jogou com um atleta a menos durante os últimos 15 minutos da partida graças a uma expulsão de Warley. Mesmo assim, a equipe deu fim a um jejum de cinco partidas sem vencer.

Com o resultado, o Botafogo chegou a 16 pontos e subiu para a 11ª colocação da Série B - a diferença para o G4 é de sete. O Confiança, com 10, é o lanterna do torneio.

O Confiança volta aos gramados no próximo sábado para enfrentar o Brusque, às 21h, no Estádio Augusto Bauer, em Santa Catarina. Já o Botafogo entra em campo na terça-feira para medir forças com o CSA, no Estádio Nilton Santos, em um jogo atrasado da 6ª rodada.

SONOLENTO

ZzzZzzZ... Os primeiros minutos de Confiança e Botafogo foram de pouca emoção. Duas das piores equipes desta Série B em termos de defesa, os dois times deram espaço para os ataques, mas tiveram dificuldade para criarem chances de perigo, o que gerou uma partida monótona.

VANTAGEM NO FIM!

Com o passar do tempo, o Confiança cresceu e atacou mais, mesmo que nada de forma tão perigosa. A equipe mandante tinha mais posse e ocupava mais a posse. De nada adiantou: quem abriu o placar foi o Botafogo. Aos 45 minutos, Romildo acertou um bom chute de fora de área após rebote da defesa e saiu para o abraço.

DIEGO LOUREIRO!

O segundo tempo começou mais agitado do que os primeiros 45 minutos. Tanto Botafogo quanto Confiança se lançaram mais ao ataque e a partida ficou mais aberta e com oportunidades. Atrás do placar, a equipe sergipana fez substituições mais ousadas e teve um ímpeto maior pelo gol, mas parou em um adversário: Diego Loureiro.

O goleiro do Botafogo fez, no mínimo, duas boas defesas ainda antes dos 20 minutos do segundo tempo. O camisa 29 foi peça fundamental para manter o Alvinegro à frente do placar.

QUE ISSO, RAPAZ?!

A pressão do Confiança por um gol de empate já era grande e a situação ficou ainda mais chamativa para a equipe mandante quando Warley levou o segundo cartão amarelo e foi expulso. O camisa 25 recebeu na ponta, errou um drible diante do marcador e, após perder a bola, puxou o adversário pelo calção, deixando o Alvinegro com um a menos.

Com um a mais, o Dragão apertou - e muito - pelo empate. Os últimos minutos da partida foram marcados por bolas alçadas na área. Todas as tentativas do Confiança, contudo, tinham um endereço final: Diego Loureiro. O goleiro foi fundamental para garantir a vitória para o Botafogo.

FICHA TÉCNICA

Confiança x Botafogo

Data-Hora: 24/07/2021, às 16h30

Local: Estádio Lourival Baptista, em Aracaju (SE)

Árbitro: Zandick Gondim Alves Junior (RN)

Assistentes: Francisco de Assis da Hora (RN) e George Italo Antas Nogueira (RN)

Gramado: Regular

Cartões amarelos: Daniel Penha, Neto Berola, Nirley e Serginho; Diego Gonçalves, Warley, Enderson Moreira, Romildo e Diego Loureiro (BOT)

Cartões vermelhos: Enderson Moreira e Warley (BOT)

Gols: Romildo (0-1, 45'/1ºT)

CONFIANÇA: Rafael Santos; Marcelinho, Nirley (João Paulo 43'/2ºT), Isaque Gavioli, Luciano Juba; Madison (Gustavo Ramos 35'/2ºT), Serginho (Ítalo/Intervalo), Rafael Vila (Jhemerson 19'/2ºT); Daniel Penha, Tiago Reis, Neto Berola (Luidy/Intervalo). Técnico: Rodrigo Santana.

BOTAFOGO: Diego Loureiro; Daniel Borges (Ewerton 48'/2ºT), Lucas Mezenga, Gilvan, Guilherme Santos; Romildo (Kayque 21'/2ºT), Barreto; Warley, Marco Antônio (Matheus Frizzo 21'/2ºT), Diego Gonçalves (Ênio 27'/2ºT); Rafael Navarro (Rafael Moura 27'/2ºT). Técnico: Enderson Moreira.

Lance!
Publicidade
Publicidade