0
Logo do BOA EC
Foto: Antonio Cicero/FramePhoto / Gazeta Press

BOA EC

Praticamente rebaixado, Boa busca terminar o ano de “cabeça erguida”

4 nov 2015
14h12
  • separator
  • comentários

Precisando tirar nas últimas cinco rodadas da Série B uma diferença de 14 pontos para o Macaé, primeiro time fora da zona da degola, o Boa Esporte espera apenas o tempo passar para ter confirmado o seu rebaixamento para a Terceira Divisão.

Sem vencer uma partida sequer em todo o returno da Série B, o elenco boveta busca ao menos tornar o final de ano do clube menos melancólico. Para comissão técnica e jogadores, é preciso que a equipe mineira mantenha o profissionalismo e lute por uma campanha digna nas rodadas finais da competição.

“Você fica chateado quando acontece esse tipo de situação, porque você perde muito. É ruim para mim, é ruim para o clube, enfim, é ruim para todos. Por isso, a gente tem que ser profissional o máximo possível e terminar com dignidade”, salientou o técnico Nedo Xavier.

“Nós vamos continuar trabalhando forte e a cada jogo mostrar nosso futebol, buscando um final digno, de vitórias, porque está nosso nome em jogo também. Não só o do clube, mas o nosso nome também”, reforçou o goleiro Douglas.

Na próxima sexta-feira, o Boa Esporte visita o Luverdense, às 21h (de Brasília), no Passo das Emas, e, mesmo se vencer o jogo, pode já ser rebaixado ao final da rodada, caso o Macaé vença o Vitória, e o Criciúma ao menos empate com o Botafogo.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade