PUBLICIDADE
Logo do Avaí

Avaí

Favoritar Time

Sem acordo para renovação, goleiro Vladimir deixa o Avaí

19 dez 2022 - 18h43
Compartilhar
Exibir comentários

O goleiro Vladimir não é mais atleta do Avaí. Após diversas reuniões com a diretoria do clube catarinense sem que houvesse um acordo para a renovação de seu contrato, o jogador revelado pelo Santos optou por deixar o clube e agora está livre no mercado para negociar com outras equipes.

Foto: ( Divulgação/Avaí) / Gazeta Esportiva

"Eu fui a Florianópolis e, aproveitando também a presença do Vladimir, nos reunimos na quarta, na quinta e na sexta-feira com os dirigentes do Avaí. As condições apresentadas pelo clube não eram compatíveis com a trajetória profissional do atleta e mesmo com seu histórico na Ressacada. Lamentamos, pois sempre demos prioridade à renovação, tanto que deixamos de negociar com outros clubes que nos procuraram nas últimas semanas", declarou Beto Lopes, responsável pela carreira do goleiro.

Vladimir foi formado pela base do Santos e, além da equipe paulista, já atuou pelo Fortaleza e pelo Avaí. O goleiro chegou ao clube catarinense em julho de 2021 e conquistou a titularidade no início desta temporada do Campeonato Brasileiro. Durante o ano, foi titular 22 vezes na competição, oito delas como capitão da equipe.

"Queria agradecer a cada funcionário do clube, atletas e diretoria por estarem sempre ao meu lado e tentando buscar sempre o melhor. Agradeço também o carinho e respeito de cada torcedor avaiano durante todo esse tempo em que estive vestindo o manto do maior de Santa Catarina", iniciou Vladimir.

"Nunca é fácil uma despedida, ainda mais se tratando de um lugar onde eu escolhi estar, um lugar que me acolheu e me abraçou de uma forma tremenda. Não tenho palavras para agradecer tudo o que vivi aqui ao lado da minha família. Passei por momentos ruins e outros extraordinários, mas em todos eles sempre fui de cabeça erguida e colocando o coração na frente".

"Desejo toda a sorte do mundo para o clube e para toda torcida azurra, pois entrei como atleta e saio hoje como um torcedor. Foi uma honra vestir essa camisa", concluiu o goleiro.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Compartilhar
Publicidade
Publicidade