0

Hamilton quer continuar na Mercedes, mas diz: "Há muito o que discutir" em contrato

Lewis Hamilton possui planos de renovar com a Mercedes e seguir na Fórmula 1 por mais alguns anos. A ideia, no entanto, esbarra na falta de um novo contrato. Nesta quinta-feira, o britânico voltou a comentar o assunto

12 nov 2020
13h45
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
Lewis Hamilton conquistou a 97ª pole na carreira neste sábado
Lewis Hamilton conquistou a 97ª pole na carreira neste sábado
Foto: AFP / Grande Prêmio

Próximo de mais um título na Fórmula 1, Lewis Hamilton ainda não renovou o contrato com a Mercedes para os próximos anos. A novela, que envolve conversas e justificativas, ganhou um novo capítulo nesta quinta-feira (12), às vésperas do GP da Turquia.

Após a última corrida, em Ímola, o hexacampeão mundial declarou que não sabia se ia seguir na Fórmula 1 e refletiu sobre o futuro, sendo prontamente rebatido pelo chefe Toto Wolff. Agora, o piloto voltou a comentar o assunto.

"Eu acredito que tenho o melhor contrato possível, em termos de como está estruturado e duração. Com a equipe que foi colocada ao meu redor, eu acho que está ótimo. Mas estou sempre de olho em como posso evoluir. Como posso ser mais eficiente e fazer mais pelos parceiros? Como posso me posicionar para fazer mais ao time?", afirmou Hamilton na coletiva de imprensa.

Siga o GRANDE PRÊMIO nas redes sociais:

Lewis Hamilton fora da F1? Pode acontecer? (Foto: Mercedes)

"Naturalmente, acho que é fácil simplesmente ir lá e assinar um novo acordo e continuar não tendo que pensar na sequência. Sou bem consciente da ideia de que gostaria de continuar com a Mercedes. Adoraria ajudar nesta missão de seguir na mudança. Falam em carros menos poluentes, de carros elétricos, e quero ajudá-los neste caminho. Eu queria ajudar em temos de apoiar a diversidade, pois isso também está na organização. Há muito o que discutir e ponderar", seguiu.

Sem acordo com a Hamilton, a Mercedes tem apenas um piloto acordado para o próximo ano: Valtteri Bottas. Em recente entrevista, Toto Wolff, chefe da equipe, disse que precisa de um único dia para negociar um novo contrato, mas que em 2018 foram dez horas de conversas até chegar a um acordo com o britânico.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! .

Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Ouça os programas do GRANDE PRÊMIO no formato de podcast:

Grande Prêmio
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade