PUBLICIDADE

Briga por 5ª força movimenta meio do grid e vê aproximação de Russell e Alfa Romeo

Em briga que perde holofotes pela alta competitividade na briga pelo título, Alpine, Aston Martin e AlphaTauri se digladiam por posto de quinta força do grid da Fórmula 1

27 jul 2021 04h47
ver comentários
Publicidade
Pierre Gasly se defende de Esteban Ocon
Pierre Gasly se defende de Esteban Ocon
Foto: Red Bull Content Pool / Grande Prêmio

Com 10 corridas disputadas em 2021, a ordem de forças e os objetivos de cada briga no grid estão determinados, muito diferente da incógnita apresentada na pré-temporada, no Bahrein. Red Bull e Mercedes apostam em seus pilotos extraordinários para buscar o título. McLaren e Ferrari carregam evolução com ótimas duplas de pilotos e buscam o top-3 entre os Construtores, mas a briga para determinar quem é a quinta força do grid segue forte, já que o bloco está bastante unido.

Quem ocupa a posição no momento surpreendentemente é a AlphaTauri. A equipe é uma das poucas que conseguiu somar pontos em todas as corridas do ano, e a maioria dos tentos vieram com Pierre Gasly. O piloto francês batalha contra as próprias estratégias ruins da equipe para salvar o que pode, e foi bem recompensado com o pódio em Baku e a exibição em Mônaco, segurando os esforços de Lewis Hamilton.

Yuki Tsunoda também tem suas contribuições. O jovem japonês ainda engatinha na Fórmula 1 e com certeza já poderia ter contribuído mais, mas ainda é um piloto muito novo e em estágio de evolução. Por mais que o carro ainda possa proporcionar mais, os pontos que somou devem ajudar.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! .

Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Sebastian Vettel acelera em Silverstone durante o treino livre 1 do GP da Inglaterra
Sebastian Vettel acelera em Silverstone durante o treino livre 1 do GP da Inglaterra
Foto: Aston Martin / Grande Prêmio

Apenas 1 ponto atrás, vem a Aston Martin. Lance Stroll é o piloto mais regular do time até aqui. Consegue se colocar em posições medianas de largada e não passa do oitavo lugar nas corridas, mas o que o canadense é regular em top-10, aparecendo em seis das dez provas disputadas até aqui.

É inegável que os maiores brilhos do time verde na temporada saíram das mãos do tetracampeão mundial Sebastian Vettel. Após um início bastante tortuoso e sem ritmo, surpreendeu com o quinto lugar em Mônaco e o pódio em Baku, mas a vida não tem sido fácil para o alemão, que saiu sem pontuar das últimas duas corridas. Com 30 pontos até aqui, Sebastian precisa se afastar das confusões e aproveitar melhor as estratégias para ser regular nos pontos.

O decepcionante sétimo lugar pertence a Alpine. Quinta em 2020 como Renault, a escuderia francesa chama atenção por ainda não ter alcançado o top-5 de qualquer corrida disputada no ano. A esperança é toda em Fernando Alonso, que parece ter recuperado bem o ritmo após o longo tempo fora e tem entregado bons resultados, mas nada brilhante comparado aos feitos de Gasly e Vettel, por exemplo. Ocon teve fases boas e ruins no campeonato, mas tal como no ano passado, não consegue ofuscar o companheiro de equipe, nem passar do sétimo lugar, seu melhor resultado do ano até aqui.

Além destes seis pilotos, outros três elementos surgem nesta briga. É claro que Alfa Romeo e Williams não vão brigar para ser a quinta força - longe disso -, mas é interessante observar como George Russell, Kimi Räikkönen e Antonio Giovinazzi podem interferir nestas brigas. Cada piloto já teve algum lampejo neste ano, e não é anormal vê-los terminando corridas à frente dos seis pilotos citados anteriormente.

Em estágio de equilíbrio, o segredo é apenas um para alcançar o posto: ter uma dupla regular. No momento, AlphaTauri, Aston Martin e Alpine vivem fases diferentes da Ferrari, por exemplo, onde pontuar com os dois carros é difícil. Tentar esta regularidade em cenários diferentes do caos (como no caso do Azerbaijão) virou uma resposta essencial para levar mais dinheiro para casa.

F1 VAI À HUNGRIA PRONTA PARA NOVO EMBATE HAMILTON x VERSTAPPEN | Paddock GP  #249

Grande Prêmio
Publicidade
Publicidade