PUBLICIDADE

Animação 3D compara manobra de Hamilton em Verstappen e Leclerc no GP da Inglaterra

Animação produzida pelo Crashalong compara abordagem de Lewis Hamilton no acidente com Max Verstappen e na ultrapassagem sobre Charles Leclerc em Silverstone. Red Bull protesta por punição maior ao heptacampeão

28 jul 2021 13h26
| atualizado às 13h29
ver comentários
Publicidade
Simulação compara acidente com Verstappen e ultrapassagem sobre Leclerc
Simulação compara acidente com Verstappen e ultrapassagem sobre Leclerc
Foto: Crashalong / Grande Prêmio

Uma animação 3D compara a abordagem de Lewis Hamilton no acidente com Max Verstappen e na ultrapassagem sobre Charles Leclerc no GP da Inglaterra. Ambos encontros aconteceram na curva Copse. A vitória do heptacampeão mundial em Silverstone segue dando o que falar, com direito a um recurso da Red Bull para endurecer a punição do piloto inglês, que recebeu 10s pelo choque com o holandês duas semanas atrás. A animação é feita pelo Crashalong.

A comparação mostra Hamilton tomando linhas diferentes nas duas abordagens. Contra Verstappen, o inglês utiliza do vácuo da Red Bull do holandês para tentar uma ultrapassagem por dentro, mas ocupando uma linha mais distante do tangenciamento da curva, próximo de Max.

Na ultrapassagem sobre Leclerc, a Ferrari do monegasco está bem mais aberta na entrada da curva, diferente da postura tomada por Verstappen. Hamilton faz a curva utilizando o tangenciamento, enquanto Leclerc acaba precisando espalhar e cedendo a posição.

Max Verstappen bateu com muita força
Max Verstappen bateu com muita força
Foto: Reprodução / Grande Prêmio

Desde o acidente, que fez Max abandonar a corrida e parar no hospital pela pancada em 51G, a Red Bull tem protestado para endurecer a punição de Hamilton, que mesmo parado por 10s nos boxes, venceu a corrida e cortou a vantagem no campeonato para 8 pontos.

"De acordo com o Artigo 14 do Código Desportivo Internacional, e seguindo a petição de revisão feita pela Red Bull, apresentada em 23 de julho de 2021, o chefe de equipe e testemunhas da requerente podem solicitar até três participantes no total, incluindo o chefe de equipe, para comparecer por meio de videoconferência às 16h da Europa Central na quinta-feira, 29 de julho de 2021", afirmou a FIA em comunicado na última terça-feira (27).

A Fórmula 1 volta neste fim de semana do dia 1º de agosto com o GP da Hungria que encerra a primeira parte da temporada e abre o recesso de verão.

Grande Prêmio
Publicidade
Publicidade