PUBLICIDADE

De Villiers lidera trinca da Toyota na 9ª especial do Dakar. Al-Attiyah encaminha tetra

Giniel de Villiers liderou o 1-2-3 da Toyota na especial desta terça-feira em Wadi Ad Dawasir. Na liderança geral da disputa dos carros no Dakar, Nasser Al-Attiyah está bem perto do quarto título

11 jan 2022 08h59
ver comentários
Publicidade
Giniel de Villiers venceu sua primeira especial no Dakar 2022
Giniel de Villiers venceu sua primeira especial no Dakar 2022
Foto: Marcelo Maragni/Red Bull Content Pool / Grande Prêmio

AS NOVIDADES DA F1 2022: O QUE ESPERAR DE ALBON E ZHOU?

9ª etapa - Wadi Ad Dawasir - Wadi Ad Dawasir

Deslocamento: 204 km

Trecho cronometrado: 287 km

Percurso total: 491 km

A terça-feira (11) de Dakar 2022 foi amplamente favorável à Toyota, que venceu a nona especial da disputa, realizada em laço na cidade de Wadi Ad Dawasir, na Arábia Saudita, e está cada vez mais perto de vencer novamente o maior rali do mundo. O sul-africano Giniel de Villiers, campeão em 2009 com a Volkswagen, venceu a curta especial de 287 km ao lado do seu navegador, o compatriota Dennis Murphy. A marca japonesa protagonizou o pódio da etapa com os sul-africanos Henk Lategan e Brett Cummings na segunda posição, apenas 9s atrás do carro de De Villiers. E Nasser Al-Attiyah, líder geral da disputa dos carros, foi o terceiro, com 1min04s de atraso para a dupla vencedora do dia, ao lado do navegador francês Matthieu Baumel.

Durante boa parte da disputa, Mattias Ekström, em boa forma com o protótipo elétrico RS Q e-tron da Audi nesta segunda metade do Dakar, beliscou o pódio e chegou a andar em terceiro. Entretanto, o sueco, vencedor da especial de segunda-feira, perdeu um pouco de tempo na comparação com Nasser e terminou em quarto ao lado do compatriota Emil Bergkvist.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Giniel de Villiers venceu sua primeira especial no Dakar 2022 (Foto: Marcelo Maragni/Red Bull Content Pool)

Sébastien Loeb, por sua vez, perdeu terreno na luta pelo título que trava com Al-Attiyah. Junto com o navegador belga Fabian Lurquin, o lendário eneacampeão mundial de rali terminou a especial em quinto, mas com diferença bastante apertada pra De Villiers: apenas 2min11s.

A terça-feira foi muito positiva para uma Audi neste primeiro ano de Dakar com seu novo projeto elétrico. Carlos Sainz e Lucas Cruz concluíram a disputa do dia em sexto lugar, enquanto o lendário Stéphane Peterhansel foi o oitavo da especial em companhia com seu navegador, o também francês Edouard Boulanger.

Os brasileiros Marcelo Gastaldi e Cadu Sachs, que competem com buggy Century, terminaram o dia em 19º em Wadi Ad Dawasir.

Nasser Al-Attiyah está bem perto do tetra do Dakar (Foto: Marcelo Maragni/Red Bull Content Pool)

Nasser está a apenas três dias de confirmar a conquista do tetracampeonato do Dakar nos carros. O veterano de 51 anos tem 39min05s de vantagem para Loeb, enquanto Yazeed Al-Rajhi, que concluiu a especial desta terça-feira em 14º ao lado do navegador britânico Michael Orr, segue em terceiro na classificação geral, com 58min44s de atraso.

Orlando Terranova, companheiro de equipe de Loeb na equipe Bahrain Raid Xtreme, apoiada pela preparadora britânica Prodrive, está em quarto. O argentino compete em conjunto com o navegador espanhol Daniel Oliveras Carreras. De Villiers, por sua vez, subiu para quinto na classificação geral depois de superar a dupla formada pelo polonês Jakub 'Kuba' Przygonski e Timo Gottschalk, da Mini, em 1min03s.

Gasgaldi e Cadu Sachs estão em 30º na classificação geral, com 10h15min49s de atraso para a dupla líder da competição dos carros.

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

Grande Prêmio
Publicidade
Publicidade