PUBLICIDADE

Mãe revela que filha iria deixar Pistorius em noite trágica

27 out 2014 - 12h11
(atualizado às 12h33)
Ver comentários
Publicidade

June Steenkamp, mãe da modelo Reeva Steenkamp, que foi morta a tiros por Oscar Pistorius em fevereiro do ano passado, revelou ao jornal britânico The Times que sua filha estava prestes a terminar o namoro com o atleta paraolímpico antes do assassinato.

<p>Mãe de Reeva (à esquerda) diz que filha iria terminar com Pistorius</p>
Mãe de Reeva (à esquerda) diz que filha iria terminar com Pistorius
Foto: AFP

"Suas roupas foram embaladas. Não há dúvida em nossas mentes. Ela tinha decidido deixar Oscar naquela noite", declarou June, que escreveu o livro "Reeva: a história de uma mãe".

No livro, a mãe de Reeva não escondeu a enorme mágoa que sente de Pistorius, chamando-o de "arrogante", "volátil", "temperamental" e "inflamável". Disse ainda que o atleta era um namorado "possessivo".

Oscar Pistorius foi condenado pelo tribunal de Pretória a cinco anos de prisão por homicídio culposo (quando não há a intenção de matar). O sul-africano alegou que disparou na namorada por confundi-la com um ladrão em sua casa, convencendo a juíza Thokozile Masipa a não acusa-lo de homicídio doloso (quando há intenção de matar), o que acarretaria a prisão perpétua.

 

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade