0

Liga Diamante adia mais duas etapas do circuito, mas mantém os "Jogos Impossíveis"

23 abr 2020
19h40
atualizado às 19h40
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Os organizadores da Liga Diamante, o principal circuito de competições de atletismo, anunciaram nesta quinta-feira o adiamento de mais duas etapas, marcadas para junho. A de Eugene, nos Estados Unidos, no dia 7, e a de Paris, na França, no dia 13. Os adiamentos foram causados pela pandemia da covid-19.

A decisão foi tomada após consultas com todas as partes envolvidas e com base nas preocupações com a segurança dos atletas, bem como pelas restrições de viagens, que tornam impossível a realização das competições conforme planejado.

(Foto: Divulgação/Liga Diamante)
(Foto: Divulgação/Liga Diamante)
Foto: Gazeta Esportiva

A Liga já havia adiado os meetings de Doha, no Catar, da China, que seriam dois, de Estocolmo, na Suécia, de Roma/Nápoles e de Rabat, no Marrocos, previstos para abril e maio.

Novas datas para os eventos postergados serão anunciadas em cooperação com a Unidade de Calendário Global do World Athletics, assim que a situação mundial da pandemia possibilitar um plano confiável.

Por outro lado, uma exceção no calendário devem ser os Bislett Games de Oslo, na Noruega, que estão marcados para o 11 de junho, em formato alternativo devem e que deverão seguir rigorosamente as determinações do governo norueguês sobre o combate ao novo coronavírus, segundo os organizadores da Liga Diamante. O evento está sendo chamado de "Jogos Impossíveis".

O programa do evento prevê inicialmente a tentativa de novo recorde mundial dos 400 m com barreiras do norueguês Karsten Warholm, bicampeão mundial da prova, e uma disputa no salto com vara entre o sueco Armand "Mondo" Duplantis, recordista mundial indoor, e o francês Renaud Lavillenie, campeão olímpico.

"Essa é uma notícia positiva para atletas e fãs e promete, mesmo nesta fase inicial, ser uma grande noite de atletismo no Estádio Bislett. Parabéns aos organizadores por sonhar com isso e seguir o sonho, trabalhando dentro das diretrizes de pandemia estabelecidas na Noruega", disse Sebastian Coe, presidente da World Athletics.

Veja também:

Dérbi paulista e Gre-Nal prometem esquentar a quarta-feira de decisões nos estaduais
Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade