0

Otero admite superação para ajudar Dudamel em decisão no Atlético-MG

19 fev 2020
16h39
atualizado às 16h39
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Foto: Divulgação/Bruno Cantini/Atlético-MG
Foto: Divulgação/Bruno Cantini/Atlético-MG
Foto: Gazeta Esportiva

Mesmo ainda no início da temporada 2020, o Atlético-MG já tem uma missão extremamente complicada na Copa Sul-Americana: reverter a derrota sofrida fora de casa por 3 a 0 diante do Unión Santa Fe. Por isso, a tática é sufocar o adversário desde o começo no confronto desta quinta-feira em Belo Horizonte.

"É o jogo mais importante neste ano, sabendo que vamos ter um placar de 3 a 0 abaixo. Acredito que, com a nossa torcida ao lado, pressionando desde o primeiro minuto, marcando um gol nos primeiros 15 minutos, acredito que podemos virar", comentou o meio-campista Otero. "No futebol, nada é impossível", emendou.

Neste momento de decisão e pressão, a ordem no Atlético-MG é apresentar um sentimento de superação, até para aumentar a confiança em busca da classificação na Sul-Americana. Por isso, Otero se mostra disponível a jogar os minutos que forem necessários, mesmo sem apresentar a condição física ideal.

"Estou bastante feliz de estar em campo, ajudar os companheiros. Claro que o meu estado físico não é o melhor, mas estou trabalhando. Importante é estar 100% recuperado da lesão, então estou à disposição. Não estou em estado físico bom, mas esses são jogos que o treinador precisa de todo mundo", reconheceu.

Otero é uma peça muito importante para o técnico Rafael Dudamel neste período inicial no Atlético-MG. Os dois trabalharam juntos na seleção da Venezuela, portanto se conhecem faz bastante tempo. O meia fez questão de mandar uma palavra de apoio ao técnico após os recentes tropeços.

"Ele falou que vai me cobrar mais do que os outros, como os treinadores brasileiros cobram os estrangeiros. Eu gosto que fiquem no pé", disse Otero, que ainda deixou um recado: o desejo de voltar a fazer um gol com suas venenosas cobranças de falta. "A gente treina pra isso. Tem hora que vai entrar, tem hora que não entra. Eu tenho que treinar bastante no dia a dia", encerrou.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade