0

Atlético-MG empata com o Boa Esporte e é ultrapassado pelo Cruzeiro

1 mar 2020
21h04
atualizado às 21h04
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

No dia em que Jorge Sampaoli foi anunciado como novo técnico do clube, o Atlético-MG acabou ficando no empate em 1 a 1 contra o Boa Esporte, no Estádio Melão, pela sétima rodada da primeira fase do Campeonato Mineiro. Sob o comando interino de James Freitas, o Galo abriu o placar com gol contra de Wesley, mas viu Romário Simões marcar e deixar tudo igual.

Com o resultado, a equipe alvinegra fica com 12 pontos na quinta colocação, a primeira fora da zona de classificação para a semifinal. O rival Cruzeiro agora ocupa o quarto lugar, somando dois pontos a mais. O time boveta, por sua vez, tem seis pontos e está na nona posição.

O próximo compromisso de ambas as equipes é contra o Cruzeiro. O Boa Esporte recebe a Raposa na quarta-feira (4), às 21h30 (de Brasília), pela segunda fase da Copa do Brasil. Já o Atlético-MG disputa o clássico no sábado (7), às 19h, no Mineirão, pela competição estadual.

O jogo

A partida começou equilibrada, com as duas equipes criando chances. Aos 14 e aos 18 minutos, Hyoran e Ricardo Oliveira, respectivamente, chegaram com perigo, mas acabaram mandando para fora. Aos 19, o Boa Esporte respondeu com Nonoca, que infiltrou na área, girou em cima da marcação e chutou para grande defesa de Victor.

Mas foi o Galo que tirou o zero do marcador. Aos 33 minutos, Allan deixou Nonoca para trás pelo lado esquerdo, invadiu a área e bateu cruzado. A bola desviou no zagueiro Wesley e caiu no fundo das redes, deixando os visitantes em vantagem.

Nos minutos finais da primeira etapa, o placar quase foi alterado mais três vezes. Aos 38, Victor fez boa intervenção em finalização de Léo Goteira. Quatro minutos depois, Hyoran, de cabeça, exigiu defesa de Renan Rocha. E aos 44, Jair chegou perto de ampliar a vantagem atleticana ao cabecear na trave após cobrança de escanteio.

No segundo tempo, as jogadas de perigo passaram a ser mais raras. Depois de mais uma defesa do goleiro alvinegro, aos sete minutos, nenhumas das duas equipes ameaçou efetivamente a meta adversária durante os 20 minutos seguintes.

Aos 28, porém, os donos da casa chegaram ao empate. Romário Simões bateu de perna esquerda, a bola pegou na mão de Victor, na trave, e acabou quicando dentro do gol atleticano, deixando tudo igual em Varginha. Ambas as equipes buscaram o gol da vitória, mas o 1 a 1 persistiu até o apito final.

BOA ESPORTE 1 X 1 ATLÉTICO-MG

Local: Estádio Melão, Varginha (MG)

Data: 1º de março, domingo

Horário: 19 horas (de Brasília)

Árbitro: Igor Júnio Benevenuto de Oliveira

Assistentes: Celso Luiz da Silva e Ricardo Junio de Souza

Cartões amarelos: Claudeci, Caio Cesar (Boa Esporte); Igor Rabello (Atlético-MG)

Gols: Romário Simões, aos 28 minutos do segundo tempo (Boa Esporte); Wesley, contra, aos 33 minutos do primeiro tempo (Atlético-MG)

BOA ESPORTE: Renan Rocha; Yuri, Wesley, Henrique Moura e Ferreira; Caio Cesar, Carlinhos, Claudeci e Nonoca (Denilson); Léo Goteira (Cesinha) e Jefferson (Romário Simões).

Técnico: Nedo Xavier

ATLÉTICO-MG: Victor; Guga, Igor Rabello, Gabriel e Fábio Santos; Jair (Marquinhos), Allan, Nathan (Savarino), Otero, Hyoran (José Welison); Ricardo Oliveira.

Técnico: James Freitas

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade