PUBLICIDADE

Vini Jr., Rodrigo e mais: Brasil tem a 4ª seleção mais cara do mundo

Jogadores da Seleção têm preço estimado de R$ 5,2 bilhões

22 abr 2024 - 12h21
(atualizado às 14h38)
Compartilhar
Exibir comentários
Seleção Brasileira
Seleção Brasileira
Foto: Rafael Ribeiro/ CBF

A Seleção Brasileira tem o quarto elenco mais caro do mundo. Com a presença frequente nas convocações de jogadores como Vini Jr e Rodrygo, o Brasil tem um plantel de quase 1 bilhão de euros (R$ 5,5 bilhões), de acordo com projeções feitas pelo Transfermarkt, site especializado na cobertura do Mercado da Bola internacional.

O grupo de jogadores convocados pelo Brasil na última Data Fifa, no mês passado, tem preço estimado de 943,1 milhões de euros (R$ 5,2 bilhões). O jogador da Seleção com maior valor de mercado é Vini Jr, do Real Madrid. O atleta tem valor de mercado estimado em 150 milhões de euros (R$ 828 milhões).

O Brasil conta com apenas dois atletas entre os 20 primeiros no cenário mundial. Além de Vini Jr, o atacante Rodrygo, também do Real Madrid, integra a lista, na 14ª posição, com valor de mercado de 100 milhões de euros (R$ 552 milhões). O ranking mundial tem no pódio Kylian Mbappé, Erling Haaland  e Jude Bellingham.

Embora tenham menos tradição e títulos mundiais do que o Brasil, no momento, Inglaterra, França e Portugal possuem as três seleções mais valiosas do mundo. Todas elas estão avaliadas em mais de 1 bilhão de euros, cerca de R$ 5,5 bilhões. 

Seleções mais caras do mundo:

1 - Inglaterra: 1,47 bilhão de euros

2 - França: 1,21 bilhão de euros

3 - Portugal: 1,06 bilhão de euros

4 - Brasil: 943,1 milhões de euros

5 - Espanha: 906 milhões de euros

6 - Itália: 757 milhões de euros

7 - Argentina: 727,7 milhões de euros

8 - Alemanha: 672 milhões de euros

9 - Holanda: 610 milhões de euros

10 - Bélgica: 540,8 milhões de euros

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Publicidade