5 eventos ao vivo

O que aprender com o discurso inédito de Michelle Bolsonaro

O ano começou com um material interessante para analisarmos por aqui. O discurso de Michelle Bolsonaro.

7 jan 2019
07h00
  • separator
  • 0
  • comentários

Olá, Speakers! Como vocês estão? Nós, da The Speaker, estamos entusiasmados para mais um ano com vocês, conversando sobre comunicação e oratória para sermos, cada dia, melhores comunicadores!

O ano começou com um material interessante para analisarmos por aqui. Vocês provavelmente viram que um dos assuntos mais comentados nesses primeiros dias de 2019 foi a posse do presidente eleito Jair Bolsonaro, em uma cerimônia marcada por muitos simbolismos, como é de praxe nas posses presidenciais.

No entanto, o que mais repercutiu na mídia – nacional e internacional – foi o discurso da primeira-dama, Michelle Bolsonaro. Michelle optou por fazer o seu discurso em libras e, fugindo do protocolo, discursou antes do marido.

Aqui na The Speaker, o nosso foco é SEMPRE a comunicação, analisando discursos atuais para identificar o que podemos aprender com eles. Por essa razão, antes de falarmos sobre o discurso da primeira-dama, é importante esclarecermos que nosso foco não é a política, mas, sim, o aspecto comunicacional envolvido. Vamos lá?

Foto: Internet

Inovação

Como eu disse no começo deste post, as cerimônias de posse costumam seguir à risca uma série de protocolos, de forma que não é sempre que vemos atitudes surpreendentes, que inovam e mudam tradições.

O discurso de Michelle Bolsonaro teve tanta repercussão positiva justamente por isso: porque conseguiu trazer inovação para a cerimônia. O público presente, as pessoas que fizeram parte da posse e a própria mídia foram surpreendidos pelo discurso em libras.

Quando falamos sobre bons discursos e apresentações, o tópico “inovação” sempre deve estar presente, já que, ao sermos inovadores, conseguimos reter a atenção do público, logrando, assim, que nossa mensagem seja realmente escutada.

Emotividade

Se analisarmos alguns dos mais famosos discursos, tanto na história do Brasil quanto fora do país, aparecem falas cheias de emotividade. A emoção no discurso de Michelle Bolsonaro é, assim, outro aspecto que merece a nossa atenção. A primeira-dama soube falar com emoção, tanto através dos assuntos escolhidos quanto pela forma como ela discursou.

A emotividade do discurso gerou emoção também no público, que se emocionou pelas palavras ditas e, principalmente, pela forma escolhida para transmiti-las: em libras.

O que podemos aprender, então? Que a emoção, quando bem usada, é uma excelente estratégia comunicacional, capaz de fazer com que um discurso se destaque tanto, como aconteceu na posse presidencial.

Espontaneidade e Segurança

Já dissemos que o discurso de Michelle Bolsonaro foi inovador, mas há também uma grande espontaneidade em sua fala. Além da inovação por escolher expressar-se em libras, o modo como Michelle falou foi espontâneo.

Em um certo momento do seu discurso, o público pediu para que Michelle beijasse o presidente, quebrando outro protocolo. Ela, então, atendeu ao pedido, demonstrando a espontaneidade e a capacidade de ouvir o que o público diz, adaptando a própria fala. Isso é algo que faz parte do caminho para sermos bons comunicadores: a habilidade de ouvir os demais e adaptar nossa fala, se necessário.

Essa interrupção demonstrou também outro fator que identificamos no discurso da primeira-dama: a segurança. Interromper uma fala e conseguir voltar ao mesmo ponto, sem perder a espontaneidade, é um desafio que demonstra a firmeza de quem está discursando.

Tanto a espontaneidade quanto a firmeza de Michelle seguramente foram conquistadas através de MUITA prática. Ao analisarmos o discurso, é visível que houve uma preparação prévia, até porque a primeira-dama nunca havia se posicionado de forma tão evidente. Ao contrário: na campanha eleitoral, ela evitava as câmeras. Isso só mostra que, com a prática e a preparação, é possível fazer um bom discurso!

 

Esses são alguns dos aspectos que merecem destaque no discurso de Michelle Bolsonaro. É importante ressaltarmos, ainda, que a The Speaker apoia iniciativas como essa, de inclusão. Aqui, nós realmente acreditamos que a comunicação é para todos. Aliás, isso é o que nos move diariamente!

Bem, Speakers! Aproveito e desejo a vocês um 2019 de muita paz, alegrias e aprendizado! Contem com a gente para aprimorar, ainda mais, as suas habilidades de comunicação neste ano, com mais conquistas para a vida profissional e melhoras também na vida pessoal. Te esperamos!

 

Fonte:

www.thespeaker.com.br

 

 

The Speaker
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade