PUBLICIDADE

IA possibilita a concessão de crédito até para quem já foi negado

O uso estratégico de dados e IA torna-se essencial para tomar decisões inteligentes e seguras

22 fev 2024 - 06h10
Compartilhar
Exibir comentários
Foto: Visual Electric

No cenário dinâmico do varejo, a concessão de crédito surge como elemento fundamental para consolidar a fidelização e expandir o alcance do público consumidor. Nesse contexto, a Dataholics trabalha na transformação digital de empresas de varejo que oferecem um crediário próprio, posicionando-se para ajudar essas empresas de varejo a aumentarem suas receitas por diminuírem sua inadimplência e crescerem gradualmente suas receitas.

A plataforma de score de crédito alternativo redefine a análise tradicional, introduzindo inovação e eficiência às operações das lojas varejistas, possibilitando linha de crédito ao consumidor que antes tinha dificuldades em acessá-lo, apesar de ótimo histórico social e econômico e reputação boa dentro do varejo.

Segundo Daniel Mendes, CEO da Dataholics, a Inteligência Artificial é essencial nesse cenário. 

“Com um modelo de score de crédito que utiliza a mais avançada Inteligência Artificial, dados de apontamentos tradicionais acoplados a mais de 200 variáveis advindas de dados alternativos, e do histórico do cliente dentro da própria loja de varejo, a empresa adquire escala e previsibilidade em suas operações de crédito e crediário, exercendo controle sobre os níveis de inadimplência”, explica.

No que diz respeito à análise de crédito eficiente, os benefícios para o varejo são diversos. A automatização desse processo, por meio da Inteligência Artificial, resulta em decisões rápidas e precisas, reduzindo processos manuais para menos de 20 segundos e extinguindo qualquer possibilidade de vieses, fraudes de erros humanos, fatores bem comuns no processo de análise de crédito manual feita por atendentes. 

“Essa abordagem permite ajustes contínuos nos modelos de crédito, proporcionando uma experiência mais positiva para os clientes e controlando os níveis de inadimplência”, conta Mendes.

Como funciona na prática

A Inteligência Artificial analisa dados históricos da própria loja e incorpora apontamentos de bureaus de crédito e dados alternativos, gerando perfis de risco personalizados. Isso possibilita a identificação de potenciais clientes de baixo risco, expandindo a base de clientes elegíveis para o crediário e minimizando os riscos de inadimplência em pagamentos parcelados.

Ao avaliar a capacidade de pagamento de um cliente, a Dataholics considera diversos critérios, como histórico de pagamentos, valores financiados, apontamentos em bureaus e dados alternativos de mercado que se referem ao ambiente externo do negócio. 

A empresa utiliza tecnologias avançadas na análise de crédito, constantemente revisando métodos e integrando-se aos times internos dos clientes para aprimoramentos contínuos. A integração de dados externos, como comportamentais e de geolocalização, enriquece ainda mais a análise de crédito, melhorando sua performance.

Na vanguarda das tendências atuais em análise de crédito para lojas varejistas, a busca por respostas rápidas aos clientes ganha destaque, reduzindo a espera e elevando a satisfação.

“O uso estratégico de dados e Inteligência Artificial torna-se essencial para tomar decisões inteligentes e seguras, proporcionando uma previsibilidade elevada para as operações no setor”, finaliza o fundador da Dataholics.

(*) HOMEWORK inspira transformação no mundo do trabalho, nos negócios, na sociedade. É criação da Compasso, agência de conteúdo e conexão. 

Homework Homework
Compartilhar
Publicidade
Publicidade