PUBLICIDADE

Gestão de pessoas: colaboradores felizes produzem melhor

A importância da Gestão de Pessoas para a felicidade dos colaboradores e prosperidade do negócio.

24 jun 2022 01h00
ver comentários
Publicidade
Foto: Kraken Images / Unsplash

Gerir bem uma equipe é essencial para atingir os resultados e assegurar a qualidade do seu negócio. É pensando nesse detalhe que a gestão de pessoas ganha cada dia mais importância. Possuir uma área de people cada vez mais humanizada, com o objetivo de valorizar o colaborador, aliado às expectativas profissionais e pessoais, promove mais qualidade de vida e o bem-estar profissional durante as atividades no trabalho.

Um ponto chave para uma ótima gestão é manter o clima organizacional saudável, criando medidas para tornar as relações entre os colaboradores mais harmoniosas, por meio da integração entre as equipes, a diminuição do peso psicológico na obrigatoriedade de cumprir metas e no desenvolvimento das tarefas ao longo do processo.

De acordo com o estudo da Decoding Digital Talent, conduzida pela Boston Consulting Group e The Network, 93% dos funcionários de tecnologia de empresas latino-americanas entrevistados durante essa pesquisa, afirmam que esperam trocar de empresa nos próximos dois a três anos, sendo que 64% ainda alegaram estar buscando ativamente por novos empregos.

Essa pesquisa reflete bem o cenário que mudou durante a pandemia, porque para 95% desses entrevistados, o objetivo é trabalhar em casa pelo menos uma vez na semana, mostrando a importância da qualidade de vida que as companhias devem oferecer, alinhado também para a flexibilidade de horários, visando contribuir com a manutenção do seu equilíbrio no emprego e vida fora do trabalho.

Especialmente no setor de tecnologia, a busca por profissionais qualificados está cada vez mais acirrada. Isso leva as empresas a repensarem nos motivadores de seus líderes e liderados, além de exigir um olhar atento aos movimentos do mercado, pensando em formas de alavancar a carreira, aprendizagem e autonomia para um equilíbrio na vida pessoal e profissional.

Tudo começa na seleção de talentos 

Na minha visão, para construir essa gestão é importante começar pela seleção de talentos, avaliando assim as habilidades técnicas e competências de relacionamento interpessoal, além de estabelecer formas de reconhecer o bom desempenho das equipes.

Como Diretora de Gente & Cultura, penso que a palavra principal para a gestão de pessoas é equilíbrio. O gestor deve entender as demandas do seu grupo, investir em capacitação para os funcionários, criando processos e fluxos de trabalho para gerar maior satisfação entre os colaboradores. Além disso, ter uma boa comunicação, dar autonomia e deixar com que o funcionário se sinta importante e entenda o seu papel como parte do crescimento da empresa é imprescindível.

O gestor deve estar preparado para esse novo modelo implantado devido à pandemia, que é o ‘trabalho híbrido’. Com essa nova relação, seja no virtual ou presencial, é preciso que a empresa tenha essa liderança humanizada, interagindo mais e procurando entender o outro de forma genuína, com o objetivo de melhorar e deixar mais leve a cultura organizacional da empresa e proporcionando um ambiente mais acolhedor.

Essa gestão de pessoas eficiente lhe trará resultados não somente na parte interna, mas também em seus negócios e no relacionamento com o cliente. Não se esqueça que a comunicação é um dos recursos mais importantes nesta jornada e, por isso, é necessário estabelecer feedbacks contínuos com seus funcionários, eliminar qualquer ruído que possa atrapalhar os processos e relações e promover pesquisas de clima constantes para monitorar possíveis situações que possam desencadear crises e ajudar a melhorar o clima organizacional.

(*) Waleska Cunha é diretora de gente & cultura da Softplan.

Homework Homework
Publicidade
Publicidade