0

Castello Branco defende aceleração da exploração do pré-sal

Economista indicado para dirigir a Petrobras disse que exploração deve ser a prioridade da empresa

20 nov 2018
13h03
atualizado às 14h09
  • separator
  • 0
  • comentários

O economista Roberto Castello Branco, indicado pelo presidente eleito Jair Bolsonaro para comandar a Petrobras, afirmou nesta terça-feira (20) que a prioridade da empresa nos próximos anos será a "aceleração da exploração das áreas do pré-sal".

Castello Branco se reuniu esta manhã pela primeira vez com a equipe econômica da transição depois de ser indicado para dirigir a petroleira, em substituição a Ivan Monteiro.

Logo da Petrobras na sede da estatal no Rio de Janeiro, Brasil
04/03/2015
REUTERS/Sergio Moraes (BRAZIL - Tags: ENERGY POLITICS BUSINESS LOGO)
Logo da Petrobras na sede da estatal no Rio de Janeiro, Brasil 04/03/2015 REUTERS/Sergio Moraes (BRAZIL - Tags: ENERGY POLITICS BUSINESS LOGO)
Foto: Reuters

Na segunda-feira (19), o economista afirmou em entrevistas que a Petrobras desenvolve atividades que "não são naturais" da empresa e não dão retorno, citando, por exemplo, a BR Distribuidora. "A BR é uma cadeia de lojas, no fim das contas. A competência da Petrobras é na exploração e produção de petróleo", disse.

O futuro ministro da Economia, Paulo Guedes, e o próprio presidente eleito já afirmaram que a petroleira não será privatizada, mas partes dela podem ser vendidas, inclusive a BR Distribuidora.

Ao sair do escritório de transição, Castello Branco disse ainda que não poderia falar de planos concretos para a Petrobras porque ainda não mergulhou especificamente nas questões da empresa. "Ao longo de novembro e dezembro vamos construir isso para chegar em janeiro prontos", afirmou.

Veja também:

 

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade