PUBLICIDADE

Falta de gasolina nos EUA melhora, mas algumas regiões ainda sofrem com escassez

16 mai 2021 15h53
ver comentários
Publicidade

A escassez de gasolina que tem afetado a Costa Leste dos Estados Unidos ao longo da última semana melhorou modestamente neste domingo, com o maior oleoduto do país retomando operações normais depois de um ataque cibernético.

Apesar de a escassez ter sido aliviada em muitos Estados, pelo menos um terço dos postos de gasolina ficou sem combustível em Maryland, Virginia e Georgia, segundo a empresa de monitoramento GasBuddy.

Milhares de postos de gasolina secaram porque os suprimentos não chegaram e os motoristas temeram uma queda prolongada de tanques e galões.

Refinarias e distribuidores de combustível estão correndo para se recuperar antes do fim de semana do feriado do Memorial Day no final de maio, o início tradicional da alta demanda da temporada de verão.

"A Colonial Pipeline está enviando atualmente a taxas normais, com base nas indicações dos remetentes", disse o porta-voz da empresa Eric Abercrombie por e-mail.

"Levará algum tempo para que a cadeia de suprimentos se recupere totalmente."

Em Washington, 80% dos postos ainda estavam vazios, de acordo com a GasBuddy.

No geral, a escassez estava afetando 12.870 postos, de 13.450 no sábado e um pico de mais de 16.000, afirmou Patrick de Haan, chefe de análise de petróleo no GasBuddy, com motoristas reduzindo compras motivadas pelo medo de que acabe a gasolina e postos reabastecendo seus estoques.

A média nacional pelo galão sem chumbo regular cresceu levemente no domingo, a 3,044 dólares, em comparação com 3,042 dólares no dia anterior e 2,96 dólares uma semana atrás, segundo o American Automobile Association (AAA).

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Publicidade
Publicidade