PUBLICIDADE

Entenda a importância da diversidade nas empresas e como promovê-la

Estudos demonstram que organizações com equipes diversas têm maior capacidade de inovação e resiliência diante de desafios

28 jun 2023 - 09h31
Compartilhar
Exibir comentários

Em 28 de junho, é celebrado o "Dia Internacional do Orgulho LGBTQIAPN+". Um marco na história da comunidade, a data tem como objetivo conscientizar a população sobre a importância do combate à homofobia. Também é um convite à reflexão sobre a diversidade na sociedade, especialmente entre as empresas.

Empresas que valorizam a diversidade têm melhor desempenho no mercado
Empresas que valorizam a diversidade têm melhor desempenho no mercado
Foto: PeopleImages.com - Yuri A | Shutterstock / Portal EdiCase

A diversidade é um tema que tem ganhado cada vez mais destaque entre as organizações de diferentes setores e embasado a realização de diversas pesquisas, que mostram o potencial transformador da inclusão no mercado de trabalho para pequenos e grandes empreendimentos.

Nesse sentido, Eder Gonçalves, head de Marketing e Conteúdo e coordenador do Comitê de Diversidade, Equidade e Inclusão da Dialog (startup líder em Comunicação Interna), explica como a diversidade, aliada à comunicação interna, pode melhorar o desempenho da sua empresa nos negócios. Veja!

Diversidade não deve se vista como questão de cota

Estudos demonstram consistentemente que organizações com equipes diversas têm melhores resultados, maior capacidade de inovação e maior resiliência diante de desafios. Empresas que abraçam a diversidade são capazes de atrair e reter talentos excepcionais, pois proporcionam um ambiente inclusivo onde todos podem expressar sua autenticidade e contribuir com suas perspectivas únicas.

Segundo um relatório do McKinsey & Company, empresas com diversidade de gênero em seus times executivos têm 21% mais chances de obter retornos financeiros acima da média. Outra pesquisa, realizada pela Deloitte, revelou que 83% dos executivos consideram a diversidade um fator importante para o sucesso da organização. 

Comunicação interna promove a diversidade

Para Eder Gonçalves, a comunicação interna é fundamental para a promoção da diversidade nas empresas. "Um dos papéis da comunicação interna é dar concretude à cultura corporativa, justamente onde a diversidade precisa estar. As empresas que cuidam da diversidade têm nela um valor que precisa ser vivido, visto e comunicado", ressalta o profissional. Por isso, é fundamental iniciativas contra a discriminação por orientação sexual e identidade de gênero no trabalho.

Um ambiente de trabalho inclusivo e acolhedor potencializa a criatividade, a colaboração e a produtividade.
Um ambiente de trabalho inclusivo e acolhedor potencializa a criatividade, a colaboração e a produtividade.
Foto: primavera leve |Shutterstock / Portal EdiCase

Políticas antidiscriminatórias fortalecem a inclusão

Segundo dados do Relatório Orgulho LGBTQIA+, da Opinion Box, 47% das pessoas que responderam à pesquisa para o estudo acreditam que ficariam mais confortáveis trabalhando em uma empresa com políticas antidiscriminação no local de trabalho. 

Esse dado é importante porque reflete a relevância de programas que fomentam essa discussão. Fortalecendo o combate à discriminação nas empresas, a comunicação interna integra os profissionais e abre espaço para que eles contribuam efetivamente para o desenvolvimento do negócio.

"Desde o 'momento zero' de um programa de diversidade, a comunicação interna pode contribuir de forma efetiva. Além de desenvolver esse projeto, ela é o que dá todo suporte para manter o tema vivo na empresa, tornando-o realmente parte do cotidiano das pessoas colaboradoras", explica Eder Gonçalves.

Diversidade aumenta o bem-estar dos colaboradores

No LinkedIn, encontramos inúmeros relatos de pessoas que compartilham suas experiências sobre a importância da diversidade nas empresas. Essas histórias reforçam como um ambiente de trabalho inclusivo e acolhedor potencializa a criatividade, a colaboração e a produtividade. Colaboradores LGBTQIAPN+ que se sentem valorizados e respeitados conseguem entregar melhores resultados.

"É preciso estar confortável para ser quem se é dentro de uma empresa, do contrário não há engajamento completo, tampouco produtividade em carga máxima. A população LGBTQIAPN+ carrega receios que alcançam a vida profissional, impedindo a livre manifestação de ideias quando há sinais de que o ambiente de trabalho não é inclusivo. Demonstrar abertura por meio de atitudes, e não só frases feitas, é fundamental para que empresa e colaborador extraiam o melhor da relação de trabalho", enfatiza. 

Além de ajudar a construir uma sociedade mais acolhedora e justa, a implementação de projetos que visem à diversidade e à inclusão também desperta o potencial dos colaboradores e, com isso, impulsiona a prosperidade das empresas. 

Por Isabelle Rocha

Portal EdiCase
Compartilhar
Publicidade
Publicidade