2 eventos ao vivo

Bolsas da Ásia fecham na maioria em baixa com cautela global, mas Xangai avança

29 mai 2019
06h22
  • separator
  • 0
  • comentários

As bolsas asiáticas fecharam na maioria em baixa nesta quarta-feira, em um ambiente de cautela sobre o crescimento global e menor apetite por risco. Xangai, porém, foi na contramão da maioria e registrou ganhos modestos.

Ontem, o dia foi negativo nas bolsas de Nova York, com investidores temendo uma inversão na curva de juros dos Treasuries, o que pode prenunciar uma recessão econômica mais adiante. Além disso, as tensões comerciais entre Estados Unidos e China continuam no radar, influenciando também os negócios asiáticos.

Na China, a Bolsa de Xangai fechou em alta de 0,16%, em 2.914,70 pontos, e a de Shenzhen, de menor abrangência, ficou estável, em 1.612,30 pontos. Xangai subiu pela quarta vez seguida pela primeira vez em quase dois meses, apoiada por notícias de que deve haver corte de impostos para seguradoras. Ações ligadas a terras-raras voltaram a subir, enquanto as dos setores bancário e imobiliário mostraram fraqueza.

Na Bolsa de Tóquio, o índice Nikkei registrou queda de 1,21%, a 21.003,37 pontos. A praça japonesa caiu com mais força no início do dia, depois teve menos variações, e o Nikkei atingiu mínima de fechamento em dois meses. Papéis ligados ao consumo foram os mais penalizados, com FamilyMart em baixa de 6,6% e Shiseido, de cerca de 3,5%. O iene ainda se fortaleceu durante o pregão, o que tende a pressionar ações de exportadoras locais.

Em Hong Kong, o índice Hang Seng caiu 0,57%, a 27.235,71 pontos. Tencent recuou 1,1%, aprofundando perdas recentes, e a operadora de cassinos Sands China teve baixa de 2,7%. A incorporadora Sun Hung Kai registrou queda de 2,5%.

Na Coreia do Sul, o índice Kospi fechou em baixa de 1,25%, a 2.023,32 pontos, na Bolsa de Seul, atingindo mínima de fechamento em quase cinco meses. Samsung recuou 1,8%, mas Hynix subiu 0,3%.

Em Taiwan, o índice Taiex teve queda de 0,10%, a 10.301,78 pontos, recuperando perdas ao longo da sessão. Largan caiu 3,5% e atingiu nova mínima de fechamento em quatro meses e meio. Catcher recuou 0,8%.

Na Oceania, na Bolsa de Sydney o índice S&P/ASX 200 fechou em baixa de 0,69%, a 6.440,00 pontos. O mercado acionário australiano foi mercado por um recuo de quase 1% em ações ligadas ao consumo, enquanto o setor financeiro perdeu 0,3%.

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade