3 eventos ao vivo

Após eleição, governo afirma que dará incentivos à indústria

Para Paulo Rogério Caffarelli, secretário executivo da Fazenda, apesar das previsões do mercado não há razões para pessimismo

27 out 2014
11h43
atualizado às 14h02
  • separator
  • comentários

Horas depois de Dilma Rousseff anunciar medidas para impulsionar a economia, em discurso após o confirmar sua reeleição para a Presidência da República, o secretário executivo do Ministério da Fazenda, Paulo Rogério Caffarelli respondeu nesta segunda-feira positivamente às perguntas de repórteres sobre a aprovação de novas medidas de apoio à indústria.

<p>Podemos esperar que a economia ficará cada vez melhor, acrescentou Cafarelli</p>
Podemos esperar que a economia ficará cada vez melhor, acrescentou Cafarelli
Foto: Chris Keane / Reuters

“Que medidas para a indústria (brasileira)?”, indagaram os jornalistas. “Teremos várias”, disse Caffarelli.

O boletim semanal Focus, divulgado hoje pelo Banco Central, informa que analistas e investidores mantiveram em 0,27% a expectativa de crescimento da economia para 2014. Para Caffarelli, apesar das previsões do mercado não há razões para pessimismo.

“Podemos esperar que a economia ficará cada vez melhor”, acrescentou.

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, também demonstrou bom humor ao se dirigir aos jornalistas, durante a chegada  hoje pela manhã ao seu gabinete: “Ainda estou rouco de tanto aplaudir (sic)”, disse, referindo-se à vitória da presidenta Dilma Rousseff.

Veja como ficaram os resultados das Eleições 2014 nos Estados Veja como ficaram os resultados das Eleições 2014 nos Estados

Curso de gestão pública  Curso de gestão pública
Você sabe as principais diferenças entre gestões públicas e privadas? Aprenda em um curso 100% online e certificado pelo MEC, comece agora!

Agência Brasil Agência Brasil

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade