PUBLICIDADE

Amigos confundem valor do vinho e levam susto na hora de pagar a conta em Salvador

Quarteto pediu duas garrafas de R$ 1.650 pensando que o preço era de R$ 165

9 jul 2024 - 16h53
(atualizado em 10/7/2024 às 11h48)
Compartilhar
Exibir comentários
Jovens viralizam ao confundirem preço de garrafa de vinho em restaurante na Bahia:

Um grupo de quatro amigos cometeu uma confusão que foi sentida no bolso em um jantar em Salvador (BA). Em vídeo publicado nas redes sociais, Thalyta Emily mostrou o momento em que os casais recebem a conta da refeição e descobrem que o valor ficou muito acima do esperado

Toda a surpresa exibida no vídeo, que conta com mais de 3,7 milhões de visualizações no TikTok, não foi por acaso. O quarteto pediu um vinho de R$ 1.650 pensando que o preço era de R$ 165

“Quando a conta chega, e o vinho custa R$ 1.650 ao invés de R$ 165”, diz a narração do vídeo. Também é possível ouvir um dos amigos brincando: “Traz a conta certa”.

Amigos erram valor de conta em restaurante
Amigos erram valor de conta em restaurante
Foto: Reprodução/Redes sociais

Para piorar a situação, os amigos pediram duas garrafas da bebida. O valor total da conta foi de R$ 4.512, sendo R$ 3.300 apenas com os vinhos Pêra Manca. O recibo mostra a cobrança de R$ 1.128,02 por pessoa. 

Além do vinho, eles pediram burrata de búfala, camarões flambados, filé grelhado, água e café. No vídeo, também é possível ver o quarteto levando a garrafa que sobrou para a casa.

Cardápio mostra valor do vinho
Cardápio mostra valor do vinho
Foto: Reprodução

Jantar cortesia

Ao Terra, o restaurante Mistura reforçou que o valor estava “explícito no cardápio”. No entanto, informou que ofereceu um jantar cortesia para o grupo após se sensibilizar com a situação.

Eles aceitaram o convite e optaram por voltar ao estabelecimento no próximo domingo, 14.

Veja o comunicado do restaurante

“O Mistura nunca passou por essa situação, mas se sensibilizou com o ocorrido. O restaurante tem um cardápio bem democrático, tanto na gastronomia quanto na enologia, mantendo a tradição da cultura do Mistura, que nasceu em uma barraca de praia, ao lado de uma colônia de pesca no bairro de Itapuã, e sempre com rótulos de vinhos de todas as uvas, regiões e preços, atendendo a todos os bolsos e também aos paladares mais exclusivos. Como o Pera Manca, um dos vinhos de grande valor agregado em qualquer restaurante e que tinha o seu valor explícito no cardápio, assim como todas as bebidas, com taças de vinho a partir de R$ 29,00 e garrafas até R$ 5.000,00. A direção do Mistura tomou conhecimento do fato pelas redes sociais e imediatamente se solidarizou com a inexperiência dos jovens, procurando o contato do grupo para oferecer um jantar como cortesia.”

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade