PUBLICIDADE

Terra transmite o maior encontro de CEOs na América Latina

Evento é o primeiro a trazer ao palco a maior parte da alta liderança executiva feminina do Brasil e da América Latina

18 out 2021 17h08
| atualizado em 27/10/2021 às 14h11
ver comentários
Publicidade

O Terra transmite nesta quarta-feira (27), das 09h20 às 18h30, o Women On Top (WOT), organizado pela jornalista e apresentadora Ana Paula Padrão, pela jornalista Lia Rizzo e pelo publicitário Cristiano Diniz. O evento é o maior encontro da alta liderança feminina na América Latina, e terá formato híbrido, com participações presenciais das executivas, e você pode conferir tudo ao vivo na capa do portal. 

A jornalista Lia Rizzo, o publicitário Cristiano Diniz e a jornalista e apresentadora Ana Paula Padrão
A jornalista Lia Rizzo, o publicitário Cristiano Diniz e a jornalista e apresentadora Ana Paula Padrão
Foto: Samuca Kim

Em um dia inteiro de programação, com uma agenda que inclui speeches individuais, entrevistas e painéis de debate, a principal missão do encontro é levar desde as histórias ainda não contadas e obstáculos mais comuns enfrentados para quem deseja ascender na carreira corporativa aos novos dilemas e desafios após a pandemia. “Costumo dizer que, ao lermos sobre essas mulheres que chegaram tão longe, sabemos identificar o que nos distancia, mas quase nunca o que nos aproxima de cada uma delas”, explica Lia Rizzo, curadora do evento e pesquisadora de economia e gênero. “Por isso este convite, para as participantes e a audiência, é para uma reflexão profunda, indo além das habilidades técnicas que uma carreira executiva ou a criação de um negócio exigem”, completa Ana Paula. 

Ana Paula Padrão: 'Meu papel é dar voz às mulheres':

Onde estão as mulheres?

Análise recente do Instituto Brasileiro de Governança Corporativa (IBGC) mostrou que aproximadamente 78% das companhias brasileiras já têm mulheres em cargos de liderança. Porém, 22,4% ainda não conta com alguma profissional nem em cargos de direção. Entre companhias de capital aberto, a participação delas no alto escalão é mais rara. De acordo com a B3, das 408 corporações listadas, mais de 60% não possui uma única mulher na diretoria estatutária. A exceção é o Grupo Fleury, único com ações na Bolsa a ter uma presidente.

Jeane Tsutsui, médica cardiologista, que está há duas décadas na companhia, assumiu a presidência do Fleury em abril deste ano e compartilhará parte de sua trajetória durante a programação do Women On Top. Embora mulheres sejam maioria no setor de saúde, ainda enfrentam muitos desafios quando chegam na alta liderança. Diretora-geral da Medley, Joana Adissi também estará no palco do WOT e, como Jeane, foi a primeira mulher a assumir o comando em sua companhia. E ainda, Maria Claudia Villaboim Pontes, hoje à frente da operação da Weleda no Brasil e na América Latina, e possui longa atuação em farmacêuticas.

Além delas, estarão no lineup formado por presidentes, country managers e CEOs, nomes que comandam grandes companhias em setores considerados menos femininos, como Andrea Salgueiro Cruz Lima, CEO da Whirlpool, Carolina Lamiaux, que recentemente passou a Country Manager da Amex no Brasil, Claudia Negrini Salles, sócia e CEO da Vita Investimentos nos Estados Unidos, Daniela Cachich, primeira a assumir uma presidência na história da AMBEV, Nadir Moreno, CEO da UPS, Tania Cosentino, General Manager da Microsoft, e Teresa Vernaglia, CEO da BRK Ambiental.

Completam a programação de speeches, Ana Fontes, CEO da Rede Mulher Empreendedora, Andréa Cruz, fundadora e CEO da Serh1 Consultoria, Carolina Ignarra, CEO da Talento Incluir, Carla Assumpção, diretora geral da Swarovski para Brasil, Argentina e Chile, Cristina Palmaka, CEO da SAP para América Latina e Caribe, Fernanda Ribeiro, cofundadora e COO da Conta Black, Fiamma Zarife, diretora-geral do Twitter no Brasil, Geisa Garibaldi, CEO da Concreto Rosa, Jacqueline Conrado, country manager da United Airlines, Juliana Azevedo, CEO da P&G, Marcele Lemos, COO da Coface para América do Norte, Marília Rocca, CEO do Grupo Hinode, e Renata Vichi, CEO do Grupo CRM.

Na linha de chegada, no board também

Segundo levantamento do Insper em parceria com a Talenses, que avaliou mais de 500 empresas com sede no Brasil, América do Norte e Europa, ainda não é animador o número de mulheres que ocupam outros lugares de poder dentro das corporações. Porém, elas estão chegando cada vez mais perto e em maior número nas posições que antecedem imediatamente a cadeira da presidência: já somam 26% nas diretorias e 23% na vice-presidência.

Estarão no palco do WOT, algumas das executivas que ocupam a vice-presidência ou posições similares nas maiores corporações do país. Grazielle Parenti, VP global de Relações Institucionais e Sustentabilidade da BRF, e Poliana Sousa, líder da marca Coca-Cola na América Latina, contarão os grandes momentos de suas jornadas. Na sequência, um painel reúne Glaucimar Peticov, diretora executiva de marketing, recursos humanos, sustentabilidade e ouvidoria do Bradesco, Patrícia Audi, VP de comunicação, marketing, relações institucionais e sustentabilidade do Santander, Cecilia Dias, vice-presidente de marketing para Salty da PepsiCo, e Vânia Neves, CTO da Vale.

Elas avançaram ainda para as cadeiras de Conselho, num claro reflexo da pressão do mercado por diversidade no Board, mas também pelo movimento daquelas que pioneiramente decidiram que a presidência não seria o limite. Foi o caso de Anna Chaia, que hoje está nos conselhos do Burger King e da Vivara, e Roberta Anchieta, superintendente de administração fiduciária do Itaú Unibanco e conselheira fiscal do Ânima, em painel sobre este tema, com participação especial de Rachel Maia, CEO da RM Consulting e chairwoman da Unicef, e mediação de Marienne Coutinho, sócia-líder da prática de Transformação Tributária da KPMG e cofundadora do importante projeto Conselheira 101, idealizado por um grupo de executivas para o incentivo à presença de mulheres negras em mais esse espaço. Antes do painel, Luiza Helena Trajano introduz o tema falando de sua própria experiência como presidente do Conselho do Magalu.

Complementam a programação, dois outros debates dedicados à presença delas em setores antes considerados muito masculinos: a tecnologia e as finanças. Embora muitas das operações brasileiras das big techs sejam lideradas por mulheres, o público feminino ainda é desencorajado a se lançar nesta área. Para pensar como promover maior inclusão, Gal Barradas, que está à frente da Brand & Venture que leva seu nome, conduzirá uma conversa com Marcelle Paiva, COO da Oracle na América Latina, Mariana Dias, CEO da Gupy, e Solange Sobral, VP de operações da CI&T. O papo com foco na ascensão delas não apenas em instituições financeiras, mas também nas posições de CFOs, conta com participação de Elisangela Almeida, CFO do Grupo In Press, Flávia Schlesinger, VP de finanças da Pepsico, e Nathalie Toquetti, CFO e Sócia de Planejamento Avançado da Vita Investimentos.

Serviço

O Women On Top é uma realização da Tempo de Mulher e Cris Diniz Eventos, com parceria de transmissão e cobertura do Terra e apoio da consultoria Women Support Women. O evento tem patrocínio das empresas Amex, BRF, Medley, Oracle, Pepsico, United Airlines, Vita Investimentos e Whirlpool. Será transmitido ao vivo, pelo portal Terra, das 9h20 às 18h30, diretamente da Casa Petra, em São Paulo. Conheça a programação completa e faça sua inscrição aqui. 

 

 

Fonte: Equipe portal
Publicidade
Publicidade