PUBLICIDADE

Manifestante pede golpe e é tirado do ar por jornalista do SBT: "Isso é ilegal"

Apresentador se irritou com comentário durante entrevista em ato pró-Bolsonaro

3 nov 2022 - 14h53
(atualizado às 14h53)
Compartilhar
Exibir comentários
Leandro Trindade, apresentador do SBT Comunidade
Leandro Trindade, apresentador do SBT Comunidade
Foto: Reprodução/SBT

O apresentador do programa SBT Comunidade, em Cuiabá (MT), Leandro Trindade, falava com um manifestante de um ato pró-Bolsonaro ao vivo quando se irritou com o entrevistado e pediu para a produção cortar o áudio. A decisão foi uma reação ao momento em que o homem pediu uma "intervenção federal", ou seja, um golpe de Estado.

"Pode cortar o áudio. Ninguém vai defender aqui intervenção federal. Ninguém vai, enquanto eu for apresentador. Ninguém vai defender aqui no SBT Comunidade intervenção federal. Isso é ilegal. Você quer falar do seu protesto, você fale", bradou o apresentador. 

Trindade lembrou que o pedido dos bolsonaristas é ilegal e afirmou que não dará espaço para este tipo de discurso no programa.

"A gente tem que ser claro com as coisas. Não há questionamento da votação de domingo. Perdeu. Sessenta milhões votaram no outro candidato. Agora, falar aqui de intervenção, não vai. É ilegal, é crime, e se esse país fosse sério, dava cadeia. É simples" rebateu.

Internautas elogiaram a atitude de Trindade. No Twitter, um usuário parabenizou o apresentador

 "Parabéns ao apresentador Leandro Trindade, do SBT, por falar a verdade ao vivo. Defender golpe contra a democracia é crime".

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade