2 eventos ao vivo
TV

'Chaves' voltou ao ar no SBT após abaixo-assinado de fãs em 2003

Emissora de Silvio Santos anunciou que deixará de exibir programa a partir de agosto após problema na renovação de contrato com a Televisa

31 jul 2020
14h15
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
Chaves
Chaves
Foto: SBT / Divulgação / Estadão

O SBT anunciou que não vai mais exibir Chaves a partir desta sexta-feira, 31. Não é a primeira vez que a emissora de Silvio Santos tira o seriado do ar. Em 2003, por exemplo, o programa saiu da grade de programação em 6 de agosto e acabou retornando dez dias depois, após protestos dos fãs.

No começo de agosto de 2003, as reprises do programa deixaram de ir ao ar de segunda a sexta-feira, como era costume. Na ocasião, foram cancelados também Família Dinossauro e Festolândia. Em seu lugar, entraram três séries norte-americanas: Jim é Assim, Amor Fraterno e Dose Dupla.

Na ocasião, Chaves ainda chegava a registrar médias de audiência de 13 pontos no Ibope, e poderia ficar restrito apenas aos sábados,

Diante da notícia, fãs da atração prepararam abaixo-assinados, protestos online e encheram o SBT com e-mails, cartas e telefonemas reclamando da ausência de Chaves.

No dia 11 de agosto, seis dias após o anúncio da saída, a emissora confirmou o retorno do seriado, programando o retorno para o sábado seguinte, dia 16, antes de A Praça É nossa.

Chaves sai do ar no SBT

Recentemente, o SBT exibia Chaves apenas em dois horários por semana: às 4h da manhã de sábado e às 9h30 de domingo. De acordo com a nova programação divulgada pela emissora, às 4h de sábado será exibido Crimes Graves, enquanto às 9h45 de domingo vai ao ar o Notícias Impressionantes - programa que durou apenas um dia no ar ( para ler mais).

Segundo o comunicado (leia a íntegra aqui), houve uma notificação por parte da Televisa, rede mexicana detentora dos direitos de Chaves, Chapolin e Chespirito, de que há um "problema pendente a ser resolvido com o titular dos direitos das histórias".

O SBT diz lamentar a decisão e informa que a renovação do contrato de exibição, que está garantida apenas até esta sexta-feira, 31 de julho de 2020, havia sido connfirmada "verbalmente".

No último dia 19 de julho, o canal pago Multishow, que também exibia os seriados no Brasil, também anunciou que o programa sairia de sua programação.

Veja também:

Parque de ferromodelismo é inaugurado sob pista de esqui na Alemanha
Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade