2 eventos ao vivo

Websérie CRUSH! se inspira em alegrias e dilemas dos jovens

Produção exibida no YouTube foi gravada antes da pandemia e tem músicas famosas na trilha

19 out 2020
14h20
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Quem não tem um crush virtual ou na vida real que dê o primeiro ‘dislike’. Paixonites fazem parte da história de todo mundo, especialmente na adolescência e juventude. Esse é a premissa de ‘CRUSH!’, websérie focada no universo ‘teen’ (de quem está entre os 13 e os 19 anos). O quinto e penúltimo episódio estará disponível no YouTube esta semana.

Helena Leal, Matheus Faissal, Vitoria Mota e Guilherme Wermecker, do elenco de ‘CRUSH!’: quem nunca sofreu por uma paixão?
Helena Leal, Matheus Faissal, Vitoria Mota e Guilherme Wermecker, do elenco de ‘CRUSH!’: quem nunca sofreu por uma paixão?
Foto: João Faria/Divulgação

O projeto foi idealizado por Mariana Azambuja, que assina o roteiro com Felipe Junqueira. “Inicialmente, CRUSH! seria uma grande produção de teatro musical. Mas, infelizmente, não conseguimos patrocínio e o investimento seria altíssimo, logo impraticável. Só que a vontade de contar a história era enorme, queríamos tirar ela do papel”, conta a realizadora. “Então veio a ideia de usar recursos próprios e transformá-la em uma websérie, cujo orçamento seria expressivamente mais baixo. Investir em um sonho, em algo que se acredita, só pode dar certo”.

O primeiro episódio, postado em 21 de setembro, já passou de 40 mil visualizações. As gravações aconteceram em 20 dias e foram encerradas no início de fevereiro, antes da chegada do novo coronavírus ao Brasil. “O pós-produção aconteceu praticamente todo de maneira remota, via Zoom e WhatsApp. Tivemos uma única reunião presencial com o editor, todos de máscara”, relata Mariana. “Fico muito feliz e orgulhosa de termos conseguido produzir um produto novo, tão legal e bem-feito, nesse ano peculiar. É incrível oferecer ao público uma websérie inédita e tão bacana nesse momento ímpar que estamos no vivendo.”

Mãe de uma menina de 11 anos e uma jovem de 19, a roteirista acredita que os clipes musicais inseridos no meio da dramaturgia, ao estilo ‘Glee’, são um atrativo extra para o público. O conteúdo discutido nas tramas faz parte do dia a dia de qualquer família com filhos ou grupo de amigos. “Ao longo da websérie, retratamos de maneira crítica comportamentos eivados de preconceito, tanto de caráter estético quanto relativo à orientação sexual. É fundamental, nos dias de hoje, condenar esse tipo de conduta, principalmente em se tratando de um produto para adolescentes. Há que se ter um viés pedagógico nesse sentido”, explica Mariana. As azarações e os papos sérios ganham trilha sonora com sucessos de antigamente, como ‘Take on Me’, da banda A-ha, e hits mais recentes, como ‘Já Sei Namorar’, dos Tribalistas.

Parte do elenco de ‘CRUSH!’: websérie gravada em tempo recorde antes do início do distanciamento social imposto pela pandemia de covid-19
Parte do elenco de ‘CRUSH!’: websérie gravada em tempo recorde antes do início do distanciamento social imposto pela pandemia de covid-19
Foto: Crica Richter/Divulgação

Ambientada na Escola Internacional do Rio de Janeiro, ‘CRUSH!’ mostra a história de três melhores amigos: Pedro (Matheus Faissal), Madu (Helena Leal) e Ciça (Vitória Mota). Por meio destes e outros personagens, o roteiro fala dos encantos e desencantos de quem está na fase atribulada entre a infância e a vida adulta. Não faltam flertes e conflitos, risadas e discussões, conquistas e perdas. “Assim como o Pedro, eu gosto muito de estar com os meus amigos e faço de tudo por eles, posso mover montanhas! Mas o Pedro é muito ciumento e eu não”, conta Matheus. “Eu peguei muito de mim, voltei à época do início do colégio e me inspirei em alguns relatos e cenas do Ricky de ‘High School Musical: O Musical: A Série’ e do Marc de ‘Merlí’.”

Popular nas redes sociais, o ator admite já ter sofrido ao não ser correspondido afetivamente, e diz se sentir responsável por despertar sentimento em fãs. “Sobre ser crush de muitas pessoas ao mesmo tempo, não sei se eu gosto tanto da ideia, mas também não desgosto. É mais sobre como você vai encarar a situação e ser sempre respeitoso e responsável com quem está gostando de você.”

Entusiasmada com a repercussão da websérie, Mariana Azambuja faz planos. “Nossa expectativa é que a primeira temporada atraia alguma das plataformas de streaming ou bons patrocinadores, para que venham várias outras temporadas, além de uma superprodução de teatro musical e, quem sabe, possamos ainda levar ‘CRUSH!’ para o cinema ou a TV”, afirma. A produção tem direção musical de Lulu Joppert e direção geral assinada por Rogério Garcia.

 

Veja também:

Bom dia, Verônica: elenco discute violência doméstica
Sala de TV Blog Sala de TV - Todo o conteúdo (textos, ilustrações, áudios, fotos, gráficos, arquivos etc.) deste blog é de responsabilidade do blogueiro que o assina. A responsabilidade por todos os conteúdos aqui publicados, bem como pela obtenção de todas as autorizações e licenças necessárias, é exclusiva do blogueiro. Qualquer dúvida ou reclamação, favor contatá-lo diretamente no e-mail beniciojeff@gmail.com.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade